Atualizado em: 22 setembro 2011

Financiamento de Cirurgias Plásticas - Como Fazer

Por vaidade ou por necessidade, muitas pessoas buscam cirurgias plásticas e às vezes não conseguem pagar devido ao alto custo. Porém agora elas podem recorrer ao financiamento de cirurgia plástica, que possibilita a realização de cirurgias plásticas e reparações por valores mensais acessíveis.

Planejamento de cirurgia plástica

A busca pelo corpo perfeito ou correção de imperfeições é o sonho de muita gente. Algumas pessoas tem vontade ou necessidade de fazer alguma cirurgia para mudar algo em sua estética, mas logo surge um empecilho, o dinheiro. Visando essa dificuldade de quem precisa ou sonha em fazer uma plástica, algumas empresas decidiram criar o financiamento de cirurgia plástica, facilitando a vida de muitas pessoas de baixa renda.

O que é e como funciona?

O financiamento é do mesmo tipo de consórcio feito para motos, imóveis, carros etc, a pessoa parcela o valor em quantos meses quiser (dependendo da empresa) e paga determinada quantidade por mês referente ao valor total, mais uma porcentagem em cima desse valor. Além de facilitar o pagamento, algumas instituições facilitam a vida de quem tem restrições de crédito, podendo realizar o financiamento no nome de outra pessoa.

publicidade:

Nas instituições bancárias, o correntista recebe uma linha de crédito específica para utilizar em reparos e cirurgias plásticas. Já as clínicas oferecem diferentes procedimentos de pagamento, é necessário consultar cada uma delas.

Cirurgia plástica facial

Quem oferece?

Alguns bancos oferecem o serviço (como o Bradesco e Banco do Brasil), para utilizar, o cliente precisa ser correntista. Pode-se buscar também o serviço diretamente nas clínicas. É necessário entrar em contato direto com as instituições para saber se elas oferecem o serviço.

Cuidados necessários

Como se trata de sua saúde, o cuidado deve ser imenso. Com essa facilidade toda, é necessário pesquisar muito bem antes de se arriscar a fazer uma cirurgia reparadora ou plástica. É importante verificar se a empresa que oferece o financiamento é confiável e, principalmente, estudar a clínica em que irá realizar a cirurgia. Verifique a qualificação do estabelecimento, os cuidado que eles tomam com equipamentos, o histórico do médico envolvido no procedimento, o acompanhamento pós-cirurgico, as condições de higiene do local, os riscos que você corre e possíveis efeitos colaterais durante o tratamento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook