Atualizado em: 13 julho 2011

Sintomas e Tratamento do Fígado Gorduroso

Quais as principais causas de fígado gorduroso e como que a doença surge. Quais os principais sintomas e como que é realizado o tratamento e a prevenção.

O nosso organismo ao mesmo tempo em que é forte é muito frágil também. É preciso que levemos uma vida mais controlada, com alimentação saudável e hábitos saudáveis para evitar problemas futuros. Muitas pessoas sofrem com problemas no fígado e a maioria desses problemas é devido ao acúmulo de gordura nesse órgão. Uma doença muito comum que afeta o fígado é o fígado gorduroso. Essa doença afeta milhares de pessoas em todo o país, que não sabem como se tratar

O que faz o fígado?

O fígado é um órgão que funciona como uma glândula no nosso corpo. Está localizado abaixo do diafragma e pesa cerca de 2 a 2,5 kg. Possui diversas funções, entre elas:

publicidade:
  • Destruição das hemácias
  • Emulsificação de gorduras no processo digestivo
  • Armazenamento e liberação de glicose
  • Síntese de proteínas do plasma
  • Síntese do colesterol
  • Lipogênese
  • Conversão de amônia em uréia.
  • Destoxificação de drogas e toxinas

Fígado Gorduroso

O fígado gorduroso é o modo mais conhecido para falar sobre Esteatose hepática. O fígado gorduroso é uma doença que é caracterizada pelo acúmulo de ácidos graxos e de triglicerídeos, ou seja, acúmulo de gordura no fígado.

Sintomas e Causas

O portador de fígado gorduroso ou esteatose hepática costuma sentir dores na parte superior ao lado direito do abdômen, sente também mal estar, cansaço e sensação de peso no estomago, principalmente após as refeições.

Uma das causas que podem levar ao Fígado Gorduroso é a ingestão de alimentos ricos em gordura, aumentando assim o colesterol e acumulando a gordura no fígado. Outra causa do fígado gorduroso é o alto consumo de álcool.

Tratamento do fígado gorduroso

Não há um tratamento específico, o que há é a prevenção para que a doença não evolua para um quadro mais severo. Isso pode ser feito através da diminuição do peso corporal e mudar os hábitos alimentares. Outro modo de ajudar a prevenir que a doença se agrave é através da realização de exercícios físicos regularmente, como caminhadas, pedaladas, entre outros. Além disso, é preciso mudar certos hábitos como para de ingerir bebidas alcoólicas, que podem prejudicar severamente o quadro.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook