Atualizado em: 5 junho 2012

Falar Dormindo: Causas, explicações e tratamentos

Entenda um pouco sobre algumas das principais causas para que este distúrbio de falar enquanto você dorme vire frequente. Não é uma doença, mas se tem tratamento. Confira algumas dessas explicações.
Você Sabia?
Este tipo de disturbio atinge a maioria das crianças na infancia, sendo que aproximadamente 10% delas, mostram estes sintomas com mais frequencia. Por isso, os pais precisam estar atentos e presentes para gritos, murmuros e levar a criança ao médico.

Pode ser antes ou depois de dormir, a pessoa pode falar entre esta transcição, é o tratamento é apenas deixar ela desaparecer naturalmente. (Divulgação)

Para você que acha isso completamente estranho, pode ficar tranquilo, pois falar dormindo pode acontecer não somente com você mas aproximadamente com a maioria da população global. Segundo os médicos, o nome deste distúrbio que faz com que você fale dormindo é chamado de Sonilóquio! Você pode dormir e falar alto, baixo, ou realizar sons simples, distorcidos ou estranhos e conversar naturalmente, e ocorre muitas vezes devido a saída transitório do seu sono.

Principais causas

As pessoas que sofrem com este transtorno, normalmente são limitadas a falarem normalmente ao dormir, algumas até murmuram, sem parar e nem perceber. Geralmente é causado por transtornos no sono que gera alguns distúrbios de comportamento, terror durante as noites, e até podendo virar sonambulo. Segundo os especialistas falar ao dormir acontece por imaturidade neurológica por isso atinge muitas vezes as crianças ainda em desenvolvimento.

publicidade:

É bom que você saiba alguns explicações, pois se formos colocar uma média, muitas crianças e pré-adolescentes criam este habito de falarem ao dormir pelo menos uma vez na semana.

Tratamento

Como não se trata de uma doença, não é tratado com remédios. É apenas um distúrbio neurológico. Deve se tomar muito cuidado ao acordar uma pessoa sonilóquio, pois elas podem se assustar. Ela certamente não lembrará de nada. Quando a pessoa atingir uma maior idade, ela poderá não ter mais este transtorno.

O que você pode fazer para auxiliar neste tratamento, é não ficar agitado, e não deixar a pessoa que sofre com isso comer coisas pesadas a noite, ou dormir tarde até mesmo para que ela tenha um sono tranquilo e sem pertubações. Não se assuste, apenas auxilie sempre com métodos simples que o transtorno com certeza não aparecerá mais.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook