Atualizado em: 24 novembro 2010

Escarlatina – Sintomas e Tratamentos

A Escarlatina atinge principalmente as crianças entre 5 e 15 anos, em sua maioria meninos, não sendo, no entanto uma doença perigosa atualmente, pois a bactéria é sensível à penicilina, entre outros antibióticos. Geralmente essa doença ocorre após infecções na garganta.

publicidade:

Na maioria das vezes ela surge junto com uma amigdalite/faringite estreptocócica, mas pode acontecer também com infecções de pele. Ela se manifesta tipicamente como uma resposta inflamatória da pele à toxinas produzidas pelas bactérias.

As pessoas infectadas pela bactéria, têm febre e dores na garganta (odinofagia), o que dificulta a ingestão de alimentos. A pele sofre alterações visíveis, como descamação e vermelhidão.
A sua transmissão acontece através da saliva, por via nasal, tosse, espirros e respiração ou ainda através do contacto com vestuário e objectos contaminados.

A escarlatina deve ser sempre tratada com antibióticos, de preferência com derivados de penicilina caso não haja história de alergia. O tempo de tratamento é de 10 dias.

O tratamento visa impedir o aparecimento de complicações como, abscesso nas amígdalas, sepse, pneumonia, febre reumática e glomerulonefrites (lesões renais)
Não sendo devidamente tratada, poderão ocorrer hemorragias no estômago, baço e intestino. Além da possibilidade de ocorrer convulsões, inflamação nos rins, infecção nos tímpanos, dores fortes nas articulações e problemas cardiovasculares.

Leia mais: http://www.mdsaude.com/2009/09/escarlatina.html#ixzz16EjoAslS

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook