Atualizado em: 1 março 2011

Enxaqueca – Causa, Tratamento

Atrelada a diversos fatores de aparecimento, a enxaqueca está presente no cotidiano de milhões de pessoas. Apesar de ser um problema bem comum, existem diversos tipos de tratamento, cada um adequado às circunstâncias em que a enxaqueca surge.

publicidade:

No caso de ser um evento incomum, o simples repouso em lugar pouco iluminado e silencioso ou com música calma é o bastante. Evite se tratar com remédios sem o conhecimento do seu médico, principalmente se for a primeira vez que você ingere o composto. Existem riscos de reações alérgicas severas ou até mesmo danos maiores que devem ser evitados apenas seguindo o procedimento padrão que o médico que acompanha o seu caso indicar.

Se a enxaqueca persiste há mais de uma semana, é definitivamente preciso procurar orientação médica para que o seu problema seja diagnosticado e tratado da maneira mais apropriada. Não tente se tratar seguindo receitas populares ou mesmo familiares, assim como a ingestão não indicada de remédios, essas receitas podem gerar reações adversas e ampliar o problema.

Ainda, para as mulheres, a enxaqueca pode estar associada ao período anterior ao da menstruação – TPM – ou mesmo à menopausa, então, caso o médico não encontre nenhum problema maior, basta realizar o repouso já mencionado neste artigo para que as dores sejam aliviadas.

Também é preciso lembrar que, como qualquer condição de mal-estar, a enxaqueca pode ser prevenida com a correta e regular prática de exercícios e manutenção de uma dieta adequada ao seu organismo.

 

Leonardo Telles Bigio

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook