Atualizado em: 18 outubro 2011

Entenda a função do sangue e os tipos sanguíneos

O sangue é nada mais do que o transportador de inúmeras substâncias que são essenciais ao nosso organismo. AB, B, O e A são os tipos sanguíneos e dentre toda a população, cerca de 90% são do tipo A e O.
Tipos-de-sangue

Existem diversos tipos sanguíneos, é preciso realizar um exame de sangue para descobrir qual tipo é o seu. (Foto: Divulgação)

Muitas pessoas não sabem qual o seu tipo sanguíneo. Na maioria das vezes só consegue saber qual é devido ter que realizar algum procedimento que necessite da retirada do sangue ou caso a própria pessoa precise de sangue. O tipo sanguíneo é uma informação essencial para cada um e é extremamente fácil de saber. Antes de explicar sobre os tipos sanguíneos, vamos primeiramente entender pra que serve e como funciona o sangue no nosso corpo.

O que é o sangue e para que serve?

O sangue nada mais é do que um tecido conjuntivo que é produzido na medula óssea. Tem como função servir de meio de transporte para o oxigênio e outras substâncias como vitaminas, medicamentos, células de defesa e resíduos que precisam ser eliminados do corpo. O volume de sangue em um adulto chega a ser de 5 a 7 litros. Muitos componentes fazem parte do sangue como os leucócitos, que são responsáveis pela defesa do nosso organismo, as hemácias que transportam o oxigênio, além de possuir 90% de água e as plaquetas, que representam a parte sólida do sangue, responsáveis por agir na coagulação.

publicidade:
Partes do sangue

O sangue é composto de leucócitos, hemácias, plasma e plaquetas. Todos esses componentes possuem uma determinada função no sangue. (Foto: Divulgação)

Os tipos de sangue existentes são o B, AB, O e A. Além do tipo sanguíneo também é determinado o fator Rh, podendo ser negativo ou positivo. De acordo com pesquisas, quase 90% da população possui tipo sanguíneo A ou O com Rh positivo. O tipo sanguíneo mais raro é do tipo AB com fator Rh negativo.

Como o tipo sanguíneo é definido?

Os glóbulos vermelhos possuem uma identidade que permite a classificação do sangue em A, B, AB e O.  No momento da doação, o tipo O- é considerado doador universal e o AB+ é o receptor universal, ou seja, pode receber sangue de qualquer tipo.

tipos sanguíneos

Os tipos de sangue existentes são o B, AB, O e A. Além do tipo sanguíneo também é determinado o fator Rh, podendo ser negativo ou positivo. De toda população, cerca de 90% possui o sangue do tipo A ou O. (Foto: Divulgação)

Uma vez que o sangue é doado é possível salvar até quatro vidas, pois cada bolsa de sangue possui 400 ml. Entre os indivíduos que recebem o sangue, a maioria são vítimas de acidentes, transplantados e pacientes que possuem problemas de coagulação. Cerca de 3 milhões de todos os brasileiros são doadores regulares e é importante lutar para que esse número aumente cada vez mais, impedindo faltas pontuais nos estoques dos bancos de sangue.

O que é preciso para doar sangue?

A doação de sangue dura cerca de uma hora e não traz risco algum à saúde. Quando o sangue é retirado, a medula repõe esse sangue em até 2 meses nos homens e 3 meses nas mulheres.

Para doar sangue é preciso:

  • Ter entre 16 e 68 anos, abaixo de 17 anos é preciso autorização dos pais para realizar a doação
  • Pesar mais de 50 kg
  • Estar em bom estado de saúde
  • Não estar em jejum
  • Não ter ingerido bebida alcoólica
  • Esperar de 6 a 12 meses se fez tatuagem ou piercing
  • Não doar como teste para saber se possui alguma DST (Doença Sexualmente Transmissível)

O indivíduo que deseja doar sangue, mas que esteja gripado e com febre (temperatura acima de 38°) terá que aguardar duas semanas para que haja o desaparecimento dos sintomas para que a doação possa ser feita. O mesmo vale para quem possui rinite e está na fase aguda ou tomando algum medicamento, terá que aguardar e a suspensão do tratamento para que possa realizar a doação.

O que você está esperando? Vá agora mesmo e faça sua doação. Ajude muitas vidas que precisam de você.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook