Modificado em: 7 julho 2011

Como Tratar a Embolia Pulmonar

Algumas doenças são extremamente agressivas, que levam muita gente a óbito em pouco tempo e quase não há maneiras de tratar com medicamentos e outros tipos de tratamento. Existem coisas que são inevitáveis, que acontecem de uma hora pra outra, mas é claro que tem algumas que mesmo com um acontecimento súbito, possuem uma explicação e alguma complicação de base, é o caso da Embolia Pulmonar.

O que é?

Quando ingerimos muita gordura, ficamos muito tempo na mesma posição, temos algum problema de circulação, juntamente com outros fatores, podemos acarretar na obstrução de um vaso sanguíneo pela formação de um trombo. O trombo é formado através do próprio vaso, aonde vai criando uma placa, que vai obstruindo e diminuindo a luz do vaso, assim como outras propriedades, como a elasticidade, por exemplo.

Uma vez que um vaso esteja obstruído, esse trombo que se formou pode ser deslocar através de uma pressão elevada na corrente sanguínea, por exemplo. Se esse trombo se desloca, já passa a ser um êmbolo, que normalmente acontece da perna para o pulmão, chamando-se então de Embolia Pulmonar.

Então, a embolia pulmonar é quando um coágulo sanguíneo ou um trombo formado se desprende do vaso e se desloca para outro lugar do corpo.

O que a embolia pode causar?

A embolia pulmonar é uma doença bem grave, que pode trazer diversas complicações para a saúde, como:

  • Dano permanente ao pulmão devido à falta de fluxo sangüíneo no tecido pulmonar.
  • Baixos níveis de oxigênio no sangue.
  • Danos a outros órgãos do corpo por falta de oxigênio.
  • Se o coágulo for muito grande, ou se houver vários coágulos, embolia pulmonar pode causar morte.

Sinais e sintomas

Estes podem ocorrer isolados, como: perda de fôlego, dificuldade de respirar, dor no peito, tosse, tosse com sangue e arritmia. Mas os sintomas também podem estar ligados a trombose, incluindo sintomas como: inchaço da perna ou ao longo da veia na perna, dor ou sensibilidade na perna, sensação de calor na área da perna com inchaço ou sensibilidade, e pele vermelha ou descolorada na perna afetada.

Tratamento

O tratamento inclui medicamentos para afinar o sangue, diminuindo a propensão coagular. Outros remédios para dissolver o coágulo podem ser receitados, dependerá de cada caso e do médico. O importante é evitar que o coágulo cresça e impedir a formação de novos coágulos.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook