Atualizado em: 28 novembro 2013

Chulé em Crianças: Como Evitar e Eliminar

Saiba que o chulé é um problema desagradável que afeta também as pessoas adultas e também crianças, onde este mau cheiro nos pés pode converter-se num enorme problema.
Você Sabia?
Que o Chulé é o nome popular dado à bromidrose quando acontece nos pés, é causada pelo suor excessivo na planta dos pés e agravada pela falta de higiene.
saude-acabe-chule-55154

Chulé É causado pela umidade que ficar retida nos pés

Algumas crianças já possuem chulé desde novinhas e muitos pais ficam preocupados com a higiene dos filhos.

Existem alguns cuidados básicos que podemos ter com os pés das crianças para evitar e eliminar o chulé, mas também é importante levar em conta que o chulé em crianças menores de nove anos não é normal de acontecer e pode ser sinal de um distúrbio metabólico.

publicidade:

Cuidados

1 – Primeiro avalie as causas do chulé da criança, podendo até leva-la a um dermatologista para investigar melhor as causas.

2 – Além disso, lave e seque bem os pés de seus filhos para que não haja proliferação de fungos e bactérias; deixe os sapatos das crianças tomarem ar e sol de vez em quando, para ficarem secos e limpos.

3 – Não deixe a criança ficar de sapato fechado durante muito tempo; evite usar o mesmo sapato dois dias consecutivos, deixe ele respirando perto da janela ou no sol por um tempo, pois assim você elimina possíveis fungos e bactérias que podem estar crescendo no sapato e causando o chulé.

4 – Quando a criança precisa ficar muito tempo de sapatos fechados, como nos dias de escola, use talcos e sprays que combatem bactérias tanto nos pés como nos sapatos. Esses produtos eliminam as bactérias que se proliferam nos pés e nos calçados.

5 – Caso o chulé persista, as chances de ser uma infecção aumentam ainda mais. Procure um médico e faça uma investigação sobre o que acontece nos pés dos seus filhos.

6 – Mas, mantenha os bons hábitos, e os ensine à criança, pois eles mantém as bactérias controladas e ajudam a eliminar o mau cheiro, mesmo que seja preciso um tratamento mais avançado. E, claro, os bons hábitos de higiene são sempre importantes para as crianças se tornarem adultos saudáveis, limpos e sem chulé no futuro.

Vídeo de Como Acaber com o Chulé

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook