Atualizado em: 25 abril 2012


Edema Cerebral - Entenda o que é

O edema cerebral pode ser causado por vários fatores e abaixo vocês terão algumas informações sobre esta doença.
Você Sabia?
O edema cerebral tem sido muito falado nos últimos dias por causa do filho do cantor Leonardo que sofreu um grave acidente e teve edema cerebral grave.
Edema Cerebral ( Foto: Divulgação)

Edema Cerebral ( Foto: Divulgação)

Infelizmente todas as doenças preocupam muito e mais ainda quando não sabemos nada a respeito delas, por isso viemos explicar um pouco sobre o edema cerebral. Quando tomamos conhecimento de qualquer problema de saúde à primeira reação é nos apavorarmos e com justa razão já que a saúde é o nosso mais bem, agora o melhor a fazer é conhecer mais a doença, tratar-se e ter muita fé.

Edema Cerebral – Entenda o que é?

O edema cerebral é normalmente desencadeado pelo aumento de líquidos no cérebro e que podem ser dentro e fora das células. Estes edemas podem surgir tanto no cérebro todo com somente em algumas partes e as principais causam são: Falta de oxigenação no cérebro, estar em altitudes elevadas, traumatismo, acidente vascular cerebral, ruptura de um vaso, abscessos, sódio baixo e encefalite.

Ao todo são quatro tipos de edemas cerebrais que são:

  • Edema Hiperémico
  • Edema Vasogênico
  • Edema Citotóxico
  • Edema Intersticial

Todos os tipos de edemas cerebrais causam riscos e podem ser fatais se não forem tratados a tempo e de forma correta. Somente exames específicos e profissionais médicos competentes é que poderão dar o diagnóstico e o tratamento, por isso todo e qualquer mal estar deve ser investigado.

Muitas vezes a falta de socorro é que agrava a doença, por isso procurem sempre um médico e jamais se automedique.

Sintomas

Em muitos casos o edema cerebral é provocado por acidentes e se não for este o caso os sintomas podem ser de forte dor de cabeça, vômitos em jato, confusão mental, coma, crises convulsivas, perda muscular em um ou mais membros e edema na pupila.

Sequelas e Cura

Dependendo da dimensão e do local do edema cerebral ele pode sim regredir o que é considerado como curado e as seqüelas podem ou não existir dependendo da gravidade do edema e do local que ocorreu.

Edema Cerebral ( Foto: Divulgação)

Edema Cerebral ( Foto: Divulgação)


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook