Dores nas Axilas

axilas-clareamento-47519

Existem muitas dores que nos afeta em diferentes órgãos do corpo. Em alguns órgãos, nunca imaginariamos sentir dores, mas por determinada causa, essa dor acaba surgindo. Um dos locais mais incomuns que a dor aparece, são as axilas. Saiba porque podemos sentir dor nas axilas e quais são as possíveis causas.

O que provoca as dores nas axilas?

Normalmente, as razões de dores nas axilas são relacionadas a infecção através de contaminação por microrganismos. Uma dor característica na axila, é uma dor como se fosse em pontada, uma ferroada. No nosso corpo possuímos alguns linfonodos espalhados em algumas regiões. Uma vez que haja uma infecção no nosso organismo, há o inchaço desses linfonodos, melhor dizendo, há uma inflamação dos linfonodos. Uma região em que existe grande concentração de linfonodos é na axila. Por isso, quando há uma infecção no nosso corpo, os linfonodos acabam ficando inchados e dolorosos, causando o desconforto na região das axilas.

Nas mulheres, também pode haver dor nas axilas no início do ciclo menstrual, por ser um momento que torna o corpo da mulher muito mais sensível do que o normal. Mas, a dor vai embora logo com o término do ciclo. Também sendo mais frequente em mulheres, o câncer de mama é caracterizado pelo aparecimento de um nódulo na região das axilas. Portanto, é um dos fatores que também causa dor. Lembrando que o câncer de mama não afeta somente as mulheres, também afeta os homens, em menor número.

Além da dor que pode ser causada normalmente por infecção de alguma bactéria ou fungo, também está associada uma coceira intensa e sensação de queimação na região das axilas, podendo haver vermelhidão no local.

Tratamento das Dores nas Axilas

O tratamento da dor irá depender da sua causa. Se a causa for devido a uma infecção, é preciso primeiramente tratar a infecção com o antibiótico prescrito pelo médico para que consequentemente a dor vá embora. Os analgésicos também possuem a função de diminuir a dor, diminuindo também algum inchaço que possa haver no local. No caso da existência de um nódulo canceroso, o tratamento será mais agressivo, sendo realizado através da quimioterapia e da radioterapia.