Atualizado em: 20 junho 2011

Tratamento e Sintomas da Doença de Lyme

Saiba mais sobre essa Doença causada através da picada de um carrapato, a doença de Lyme. Conheça todos os sintomas causados por ela e como é o seu tratamento.

Existem milhares de doenças que não são muito comuns e que pouca gente ouve falar. Muitas pessoas possuem os sintomas, mas a doença acaba se agravando por possuir um difícil diagnóstico, isso prejudica bastante no tratamento e na recuperação, piorando assim o prognostico da patologia. Por isso, é extremamente ter um conhecimento prévio de diversas doenças, para que amplie seus conhecimentos e possivelmente consiga identificar alguma enfermidade através dos sinais e sintomas. Um doença que é pouco conhecida, é a Doença de Lyme. Saiba mais sobre essa doença a seguir.

publicidade:

O que é?

A Doença de Lyme é uma doença causada por bactéria, causando infecção no portador devido à picada de um carrapato infectado. É uma doença que se assemelha a outras devido aos sintomas que apresenta que são mais comuns no começo, sintomas semelhantes ao de uma gripe. Somente com o passar do tempo aparecem outros sintomas mais graves que acabam afetando órgãos importantes como cérebro, coração, entre outros.

Sintomas

É extremamente importante o diagnóstico precoce, para que ela possa ser combatida no seu início, tornando o tratamento eficaz. Caso ela não seja descoberta no início, a doença de Lyme se manifesta com eritema ao redor da picada, ou seja, uma mancha avermelhada ao redor de toda a picada que cresce de 5 a 50 centímetros de diâmetro. Grande parte das pessoas contaminadas pela doença apresentam esse sinal. Já os sintomas são: inchaço de gânglios linfáticos, fadiga, mal estar, frequentes dores de cabeça, febre, calafrios, rigidez do pescoço, dores musculares e articulares, náuseas, vômitos, aumento de linfonodos e do baço e dores de garganta. Alguns desses sintomas podem surgir e desaparecer, mas o mal estar e a fadiga são sintomas que permanecem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se não tratada no início, a doença pode evoluir com sintomas neurológicos como meningite encefalite e surtos de alucinações, lapsos de memória, entre outras coisas. Além disso, esse problema causado no sistema nervoso também afeta a musculatura, causando paralisia de alguns músculos e causa também problemas cardíacos, como arritmias e pericardite. Com maior tempo sendo portador da doença, ela se manifesta também com dores articulares e artrite. A doença de Lyme dificilmente leva a morte, mas é uma doença que deixa o portador bem debilitado.

Tratamento

A maioria dos estágios da doença de Lyme respondem ao uso de antibióticos, cada tipo de antibiótico para cada estágio da doença. Com um estágio mais elevado da doença aonde o portador já esteja debilitado e limitado fisicamente, pode ser realizada a fisioterapia, para que haja reabilitação da musculatura e tratamento das articulações comprometidas, prevenindo para evitar possíveis pioras.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook