Atualizado em: 10 julho 2011


Antraz - Sintomas e Tratamento

Tudo sobre essa doença que ficou extremamente conhecida quando houve o ataque de 11 de setembro. Saiba o que é a doença, seus sintomas e tratamento.
Algumas doenças foram responsáveis por assustar muita gente. Algumas porque foram disseminadas muito rapidamente, fazendo com os sistemas de saúde perdessem completamente o controle da situação. Outras doenças foram disseminadas de maneiras completamente agressivas, assustando toda uma população, foi o caso da doença Antraz.

Antraz

O antraz foi uma doença que ficou mais conhecida após o ataque às torres gêmeas nos Estados Unidos, causado por um ataque terrorista liderado por Osama Bin Laden. Após esse ataque, o terrorista usou a bactéria do antraz para aterrorizar a população americana, mandando a bactéria em envelopes e contaminando diversas pessoas.

O antraz é uma bactéria muito comum em regiões agrícolas, afetando os animais. A maneira mais comum de afetar o homem é quando ele é exposto a animais infectados. A contaminação ocorre através das vias aéreas, através da pele ou de forma gastrointestinal. Quando a bactéria entra no organismo pela pele, é somente em casos de feridas pelo corpo que entrem em contato com a bactéria, fazendo com que ela penetre e adentre o organismo. A forma gastrointestinal é através da ingestão de alimentos contaminados.

Sintomas

Os sintomas da doença Antraz costumam aparecer de um a seis dias a partir a contaminação. Normalmente, há um aparecimento dos sintomas, uma melhora deles e depois uma piora. Os sintomas irão variar de acordo com o modo em que a doença foi pega.

Após 24 horas ou 48 horas após o contágio, a infecção acaba produzindo um caroço que provoca uma coceira, tendo um aspecto parecido com uma picada de inseto. Raramente ocorre morte pelo contágio com a bactéria.

Na forma gastrointestinal, a doença se manifesta com uma inflamação aguda do trato intestinal. Isso causa sintomas como: náusea, perda de apetite, vômitos, febre seguida de dor abdominal, vômitos sanguinolentos, e diarréia severa.

Prevenção e Tratamento

Um modo de prevenção é evitar contato com animais que possam estar contaminados e evitar comer comidas mal cozidas. Outro modo de se prevenir é através da vacina, que tem cerca de 93% de eficácia contra a doença. Em caso de contaminação, o tratamento da doença se dá pela administração de antibióticos e em casos da doença não ser tratada o risco de morte é bem alto. 


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook