Modificado em: 1 setembro 2011

Dismorfia Corporal - O que é, Sintomas e Tratamentos

Uma doença terrível e que pode acarretar danos irreversíveis a saúde.
Dismorfia CorporalDismorfia Corporal é uma doença séria, mas que muitas vezes não se consegue diagnosticar rapidamente. Caracteriza-se pela preocupação obsessiva com algum defeito que não existe na aparência física.

Um exemplo muito popular desta doença é o nosso querido Michael Jackson e infelizmente 1% das pessoas possuem este transtorno.

As pessoas que sofrem desta doença fazem várias plásticas em busca de perfeição e quanto mais cirurgias esta pessoa se submete, mais ela acha que não está bom porque ela possui uma visão distorcida da imagem de seu corpo e uma preocupação exagerada com defeitos imaginários ou com um mínimo defeito na aparência.

Sintomas

  • Acentuada insatisfação pelo corpo
  • Depressão grave
  • Incapacitação ocupacional
  • Problemas para se relacionar na sociedade
  • Forte crença de que se é feia ou possui anormalidades na aparência
  • Frequentes procedimentos cosméticos com pouca satisfação
  • Aversão a fotos
  • Exagero nas roupas e maquiagem

Causas

Não existe uma causa específica, mas os estudiosos acreditam que o Transtorno Dismórfico Corporal pode ser desencadeado por diversos fatores como: diferenças estruturais no cérebro, meio ambiente muito rígido com cobranças de aparência e comportamento, genes. E outra causa muito forte está na exibição de pessoas “padronizadas” nos meios de comunicação e principalmente os adolescentes tentam de todas as formas entrar no padrão visto.

Tratamento

É importante procurar auxílio médico no menor sintoma porque exige um tratamento longo com terapia e até com remédios já que se a doença se agravar além dos riscos que o paciente sofre com tantas cirurgias ele pode começar a ter transtornos de ansiedade, obsessivo-compulsivo, fobia, isolamento social e até tentativas de suicídio.

Normalmente a pessoa com dismorfia corporal é difícil de ser tratado porque ela não irá querer fazer o tratamento.

É importante fazer o quanto antes as terapias e tomar a medicação para que a doença não se agrave.

E em casos graves é necessária a internação psiquiátrica.

Se você conhecer alguém com sintomas de dismorfia corporal, oriente, tente exaltar as qualidades desta pessoa e mostrar que o importante é o que somos e não apenas uma forma física que só atrai se for perfeita.

 

 

Dismorfia Corporal


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook