Atualizado em: 12 outubro 2010

Culote – O que é, como perder

Por si só, as mulheres já trazem encanações de “fábrica”. Sempre atenta aos mínimos detalhes, o universo feminino não precisa de olhares maldosos dos homens inerentes as imperfeiçõas habituais do corpo humano.

publicidade:

Vivemos um época em que o culto ao corpo parece estar acima de todo e qualquer valor e isso acaba causando uma certa paranóia na grande maioria das pessoas. Ter um copor esbelto e magro não trata-se apenas de um cuidado com a saúde, mas de ficar mais belo a cada dia.

Entre as mulheres uma das maiores encanações é o culote. Para quem não sabe, o culote  é o acúmulo de gordura na lateral das coxas que aparecem em função dos hormônios femininos ou por características genéticas.

Por ser “ocasionado” por hormônios e fatores genéticos, eliminar o culote é uma tarefa árdua, mas nãi impossível. Existem algumas maneiras que podem auxiliar para a eliminação total ou pelo menos amenizar o problema.

– Exercícios associados à dieta

– Lipoaspiração

– Cirurgia plástica.

Segundo a medicina existem 4 tipos de culote, são eles:

Culote fibroso – tem consistência dura devido ao espessamento de fibras localizadas na camada mais profunda da pele, que tecem algo semelhante a uma teia e formam a celulite num estágio avançado.

Culote menos fibroso – na maioria das vezes é bem pequeno e macio e acompanha os quadris de forma suave. Neste caso, com celulite em seu estágio inicial.

Culote não-flácido – Os ideais para serem removidos pela lipoescultura.

Culote flácido – com o formato grande e exagerado na maioria das vezes. O médico deve avaliar o tecido para saber se a lipoescultura trará bons resultados dependendo da elasticidade da pele.

Dentre os tratamentos estéticos para eliminar ou amenizar o culote podemos citar lipoaspiração, lipoescultura, litroeletroforese, mesoterapia e outros. Em todo caso, procure um médico que juntos vocês acharão um tratamento adequado.

Mas vale lembrar que bom mesmo é se prevenir. Uma alimentação balanceada e a prática diária de uma atividade física como a caminhada já previnem o surgimento de culote e outras “imperfeições” no corpo.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook