Atualizado em: 15 março 2013

Crack: Composições, efeitos colaterais

Crack é uma droga, geralmente fumada, feita a partir da mistura de pasta de cocaína com bicarbonato de sódio.
Você Sabia?
Que o crack surgiu nos Estados Unidos na década de 1980 em bairros pobres de Nova Iorque, Los Angeles e Miami. O baixo preço da droga e a possibilidade de fabricação caseira atraíram consumidores.
crack

A chegada do crack ao sistema nervoso central leva, em média, de oito a 15 segundos

Como todos nós sabemos, a droga é um material que não faz bem há ninguém. A única coisa que ela leva a pessoa a se perder, a começar a roubar coisas de casa e o pior, que classificamos como a situação mais difícil, o sofrimento dos pais. Tudo bem que nem sempre existe o apoio necessário, a conversa, as indicações e os alertas sobre esses produtos. Mas o que leva a uma pessoa a se drogar? Depressão? Perder alguém que se ama? Não se obter sucesso naquele sonho que não foi realizado.

Às vezes a pessoa se deixar levar por influência mesmo, de amigos que estão ali usando e tiram sarro da sua cara por não usar e você acaba se levando, muitos dizem que usar drogas é ter uma mente fraca, sem opinião formada sobre o assunto. Hoje vamos um pouco de uma das piores drogas que é o Crack, de como é feito e quais são os seus efeitos, confira.

publicidade:

A Composição

O crack é uma mistura de cocaína em forma de pasta que não é refinada com bicarbonato de sódio. Essa droga apresenta formas de pequenas pedras e pode ser até cinco vezes mais potentes do que a própria cocaína. O efeito dessa droga dura em média, mais ou menos dez minutos. Sua principal forma de consumo é a inalação da fumaça que é produzida pela queima da pedra, é necessário o auxilio de algum objeto com, por exemplo: um cachimbo para consumir a droga, muitos feitos artesanalmente com a ajuda de latas pequenas, garrafas plásticas e canudos ou canetas. Os pulmões conseguem absorver quase 100% de crack quando se inala.

Os Efeitos

Os primeiros efeitos do crack são aquela euforia plena que desaparece derrepente depois de um curto espaço de tempo, em seguida por uma grande e profunda depressão. Pela rapidez do efeito, o usuário consome novas doses para voltar a sentir aquela sensação, a euforia e sair do estado depressivo. Essa droga também provoca hiperatividade, insônia e perca da sensação de cansaço, perca de apetite e também por consequência a perca de peso e a desnutrição. Com o tempo de uso da droga, aparece cansaço de forma intensa, forte depressão e o desinteresse sexual.

Os usuários de crack apresentam um comportamento violento e se irritam facilmente. Efeitos como tremores, paranoia e desconfiança também são causados por essa droga. Normalmente os usuários têm os lábios, a língua e a garganta queimada por causa da forma que consomem a droga. Apresentam também problemas no sistema respiratório como congestão nasal, tosse, expectoração de muco preto e sérios danos nos pulmões. Conforme o uso seja continuo, a droga pode causar ataque cardíaco e derrame cerebral, por um considerável aumento da pressão arterial.

Vídeo sobre o Crack

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook