Atualizado em: 10 fevereiro 2012

Como encarar a ansiedade sem medicamentos

Vejam como você pode aliviar a tensão causada pela ansiedade e confiram os benefícios que os exercícios podem trazer para saúde mental e física.
Você Sabia?
Amassar remédios para torná-los mais fáceis de engolir pode causar efeitos colaterais graves e até “ser fatal” em alguns casos, segundo alertam especialistas farmacêuticos. Segundo eles, os remédios são revestidos em cápsulas especiais que afetam o modo como o medicamento é assimilado pelo corpo.

A ansiedade pode ser a grande vilã para os momentos de prazer, sejam uma viagem, resultado de uma entrevista de emprego, e isso muitas pessoas correm direto para os medicamentos como, calmantes e outras substâncias.

Mas como podemos resolver esse problema sem apelar para os medicamentos que podem causar dependência em nós? Primeiramente você deve saber o nível em que sua ansiedade está, se é apenas pelo estresse dia-a-dia ou por algum incomodo que você sente que tem duração, para isso apsicóloga Ana Luiza Novis explica no vídeo abaixo.

publicidade:

Conheça algumas saídas para se livrar dessas tensões que a ansiedade trás em nossa vida, sabemos que ela nos desperta mal estar, dificuldade em respirar, fraqueza nas pernas e perca de concentração nas coisas.

Existem algumas saídas para essas situações, você pode recorrer a tratamento com terapias, massagens para relaxamento, ou você pode optar por exercícios físicos como pilates para aliviar as energias excessivas que às vezes concentramos em nosso corpo.

Leila Monassa proprietária do Espaço Lavando, um lugar onde você encontra benefícios na terapia, massagens, programas para gestantes, tratamentos estéticos entre outros.

Ela afirma que “Em todos os exercícios do pilates a respiração é enfatizada como instrumento para atingir a qualidade na execução dos movimentos. A atividade mobiliza a musculatura dessa região e, na medida em que a respiração é solicitada durante a execução dos exercícios, torna-se um ato voluntário e consciente”.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook