Atualizado em: 25 junho 2012


Cirurgia de Vesícula entenda como é feita

Tempos atrás, a cirurgia era mais dolorosa, portanto, mais difícil de fazer. Com alguns aparelhos, a forma de curar doenças, como por exemplo, a pedra na vesícula, o processo tem sido menos dolorido e mais rápido. Doenças como também a Colecistite ocorrem pelo quantidade de comida gordurosa consumida em excesso.
Você Sabia?
Raros são as vezes que ocorrem mortes de pessoas que adquirem pedra na vesícula ou uma inflamação maior, como idosos, mulheres no período fértil, obesos e indivíduos acima de quarenta anos. Sua porcentagem é de 5%.
Cirurgia de Vesícula

A localização da Vesícula Biliar no Corpo Humano.

Há um tempo atrás, a Cirurgia de Vesícula era feita de maneira mais complexa e dolorosa. Hoje ela é possível ser feita com cirurgias mais simples, chamada Colecistectomia Videolaparoscópica, ou Cirurgia a Laser, em algumas situações.

A Vesícula Biliar

É um órgão de pequeno porte, que varia de 7 a 10 cm, onde armazena a bile ou o suco biliar, produzida pelo fígado. Durantes as refeições, ela se contrai e libera a bile, que elimina a gordura, passando por canais como o intestino, que auxiliam na digestão dos alimentos.

Doenças

A vesícula pode adquirir dois tipos de doenças:

  • Colelitíase: É forma por cristais e sais. Sua coloração é escura, algumas esverdeadas, e amarelas, como a icterícia e pode causar a pancreatite. Normalmente começa com sintomas como, dores laterais, semelhante à cólicas, vômito e enjoos.
  • Colecistite: Causada por uma inflamação, pelo grande excesso de gordura consumida, se não cuidada o mais rápido possível, pode causar problemas maiores e graves, ou então a morte do indivíduo. Tem como sintomas febre, anorexia, dores, vômitos e enjoos.

Cirurgia

Para examinar, primeiramente, é feita ultrassonografia. Em algumas situações, é necessário a detecção de outras imagens, feitas por Colangiografia Endoscópica Retrógrada ou Ressonância Magnética. A cirurgia é feita com anestesia geral e vídeo, que ajuda na análise local. Com o tempo, a doença aumenta por questão da bile, e em nenhuma situação tem a desaparecer. A Colelitíase é apenas tratada com a remoção da vesícula. Dependendo do caso, a cirurgia leva em torno de um dia apenas.

[Vídeo] A Cirurgia na Vesícula


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook