Atualizado em: 18 junho 2012

Conheça os Tipos de Cirurgia para Catarata

Para aqueles que não sabem muito sobre o problema de catarata, veja algumas informações e conheça também os tipos de cirurgias.
Você Sabia?
De acordo com pesquisas, há dois tipos de cirurgias para tratar a catarata. Hoje em dia existem vários tipos de lente intra-oculares, para saber qual a melhor para o paciente, somente o médico cirurgião é quem irá decidir, e indicar o melhor método para que possa ser feito a cirurgia.
Conheça os Tipos de Cirurgia para Catarata

Foto: Divulgação.

Muitas pessoas sofrem ou já sofreram com o problema da catarata, ou seja, por tratar-se de um problema no qual se deva ter muita cautela no tratamento, é importante que saibamos todos os que quais são suas causas e as formas de tratamento. Hoje em dia, a  cirurgia de catarata se destaca em suas fases.

A catarata

As duas formas de cirurgias da catarata são; (Faco-emulsificação com implante de lente intra-ocular), neste caso, se retira a catarata, e a outra maneira é na (lente natural opacificada), onde através da técnica de faco-emulsificação, se implanta uma lente intra-ocular no lugar da mesma.

publicidade:

Além de ser uma doença muito conhecida, a catarata é algo sério, mas não pensem que é tão fácil fazer as cirurgias, antes de ser feito qualquer coisa, o médico oculista cirurgião analisa as questões para ver se pode ou não ser feito a cirurgia no paciente, confira mais detalhes a seguir.

Além de ser um problema que se pode ser resolvido, hoje em dia, há várias maneiras para se tratar a catarata, que não sendo tomados todos os cuidados devidos, o problema pode se agravar podendo levar o paciente a cegueira ou visão subnormal.

Tipos de cirurgias

Para quem não conhece, a catarata é uma patologia dos olhos, algo que consiste na opacidade parcial ou total do cristalino ou de sua cápsula, e quando a catarata chega a atingir o paciente, isso pode acontecer devido a vários fatores como por exemplo, traumatismo, idade, diabetes mellitus, uveítes, uso de medicamentos, etc.! As lentes intra-oculares são divididas em dois grupos, o que já citamos no início, confira quais são eles!

  • Lentes Intra-oculares Rígidas (não dobráveis):

No caso da lente rígida, é feito uma cirurgia na qual a lente rígida trata-se de algo de fabricação nacional e de boa qualidade, suas características de rigidez são ótimas por sinal, vele lembrar que este tipo de abertura não é auto-selante, e sendo assim, é obrigatória a realização de uma ou mais suturas no olho para manter a vedação. Clique aqui para detalhes!

  • Lentes Intra-oculares Flexíveis (dobráveis):

A cirurgia pelas intra-oculares flexíveis também é um caso delicado, algo que se exija muita atenção. De acordo com pesquisas, para esta condição de cirurgia, o material é um tipo de acrílico mais flexível, um produto ótimo e que foi desenvolvido nos Estados Unidos. Para fazer a cirurgia desta forma, como é algo dobrável, é possível que seja dobrada e injetada no olho através de um instrumento semelhante a primeira maneira, e é feito com um tipo de  caneta de ponta fina e que entra pela abertura de 3 mm na borda da córnea inicialmente feita no processo da faco-emulsificação, vale lembrar, neste caso, não necessita a ampliação dessa incisão. Clique aqui para detalhes!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook