Atualizado em: 30 agosto 2011

Cientistas inventam cápsula para o bronzeamento artificial

Saibam mais sobre a ideia que os Cientistas tiverem em inventar a cápsula de bronzeamento artificial para as pessoas.

Para as mulheres, não importa quanto tempo irá demorar, o que vale é conseguir o que desejam fazer, ou seja, como o verão já está para chegar, com certeza, a mulherada já irá atrás de algo para dourar a sua pela. Costumamos aqui sempre citar as melhores informações possíveis, no entanto, encontramos algo que poderá mudar a vida de muitas pessoas.

Não se sabe realmente como será o processo de distribuição caso seja aprovado, mas, há algo que vocês devem saber, alguns Cientistas, vieram fazendo algumas pesquisas no qual desenvolveram um tipo de cápsula que é implantado embaixo da pele das pessoas, após o procedimento, em um prazo de três meses, ele faz com que o bronzeamento se torne ótimo no corpo das pessoas que utilizarem.

publicidade:

Sobre o Produto

De acordo com informações, e assim foi dito antes, temos que esperar o produtos ser liberador, pois ainda não está à venda, mesmo já tendo chegado ao conhecimento público, é algo que irá envolver a nossa saúde, e com ela jamais podemos brincar, ainda mais por questões nas quais muitos de nós, só queremos curtir o momento, ou até mesmo o modismo.

A Cápsula, mais conhecida como Scenesse foi inicialmente desenvolvida para auxiliar pessoas com baixa produção de melanina e, portanto, mais suscetíveis ao câncer de pele, ela funciona como um tipo química que ao liberar um tipo de produto, faz com que seja escurecido a derme, deixando-a com um aspecto de bronzeado. Para Lesley Rhodes (Professor de Dermatologia Experimental na Universidade de Manchester), ele acredita que, o implante pode se tornar um método alternativo de bronzeamento, enfim, ainda não há nada à mais em relação a liberação, compre e venda do produto, assim que surgirem mais detalhes, todos seremos avisados, não se preocupem, então, vamos aguardar.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook