Atualizado em: 15 setembro 2011

Chulé: como evitar e prevenir

Uma das coisas mais constrangedoras é ter chulé. A má higienização é um dos principais fatores que causam o aparecimento de microrganismos que causam o mau cheiro. Saiba como evitar e prevenir esse problema.

O mau cheiro, seja de onde for, sempre é algo constrangedor e que incomoda muito tanto pra quem tem como para quem está a volta. De todos os odores que incomodam, um deles é o mais comum entre a população, o chulé.

De onde vem o Chulé?

Quando passamos um dia inteiro com um calçado, a umidade e o calor que nossos pés recebem acaba fazendo com que as bactérias e os fungos encontrem um ótimo lugar para se reproduzir e para se alimentar. O odor que surge nos pés é decorrente das células mortas que são decompostas para servir de alimento para as bactérias e os fungos. O chulé é como é conhecido popularmente, mas é também chamado de Bromidrose. É importante ressaltar que o aparecimento dos fungos e bactérias são decorrente da má higienização realizada nos pés, que podem ocasionar em outros problemas e doenças como Pé de Atleta, Olho de peixe, entre outros.

publicidade:

Além da má higienização, o aparecimento do chulé pode ser decorrente do uso de sapatos fechados e muito apertados, quando os sapatos são guardados logo em seguida que são retirados dos pés, quando os sapatos são usados sem meia ou quando as meias são reusadas, pois as meias são feitas de materiais sintéticos, material que acaba fazendo com que o pé transpire bastante ou quando os sapatos são usados quando ainda estão úmidos.

Veja também

Como Prevenir e Evitar o Chulé?

Baseado em todos os fatores que causam o mau cheiro, é possível prevenir e evitar o chulé. É preciso que haja uma boa higienização dos pés e que eles sejam secados totalmente com a toalha após cada banho. Uma umidade maior do que a normal, também favorece o aparecimento de fungos e bactérias.

Procure sempre trocar as meias e evitar repeti-las, isso evitará um mau cheiro dos pés. Mantenha os sapatos sempre limpos e também evite usar o mesmo sempre e por muito tempo, pois um sapato sujo e úmido torna-se um ambiente perfeito para a proliferação dos microrganismos que causam o chulé.

Para quem já se previne de todos os jeitos citados acima e mesmo assim ainda não conseguem se livrar do chulé, procure usar produtos que combatam o mau cheiro como sprays e talcos antissépticos que são feitos especialmente para combater o mau cheiro. Além disso, evite usar sapatos de borracha ou de plástico que fazem os pés transpirar mais que o normal.

Nossos pés suportam o nosso peso todos os dias e são os membros que mais se desgastam também. Por isso, cuide bem dos seus pés e evite situações constrangedoras. Evite e previna o Chulé.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook