Atualizado em: 11 julho 2011

Cancro Mole - Sintomas e Tratamento

Tudo sobre essa doença sexualmente transmissível que é mais comum do que a gente imagina. Saiba como ela se manifesta e quais os medicamentos usados no tratamento.

Existem muitas doenças sexualmente transmissíveis que deveriam ser mais faladas e mais divulgadas para que toda população tivesse conhecimento e soubesse como se prevenir. Muitos acabam conhecendo determinadas doenças após contrair a própria doença. O perigo está aí, quando não há o conhecimento e só o adquire quando já é tarde demais. É pensando nisso que nós temos o papel de informar e ajudar a todos que tenham dúvidas sobre diversos assuntos. O que será abordado no momento, é sobre a DST conhecida como Cancro Mole.

O que é?

O Cancro mole é uma doença sexualmente transmissível que é causada pelo Haemophilus ducreyi, bactéria mais encontrada em regiões tropicais. É uma doença que é caracterizada pelo aparecimento de lesões que aparecem no órgão genital causando bastante dor.  Também é conhecida como cancróide, cancro venéreo, cancro de Ducrey; conhecido popularmente por cavalo. Possui um período de incubação de 3 a 5 dias, podendo se estender por semanas. É uma doença que afeta ambos os sexos, mas que é mais frequente no sexo masculino.

publicidade:

Quadro Clínico

Normalmente a doença manifesta lesões múltiplas na região genital, mas também pode se manifestar com uma lesão só. São lesões dolorosas possuindo uma borda irregular e coberto com exsudato necrótico, de cor amarelada e com odor forte. Uma vez removido, apresenta um tecido de granulação de fácil sangramento.

Tratamento

O tratamento é realizado pelo uso de alguns medicamentos como:

  • Azitromicina
  • Tianfenicol
  • Doxiciclina
  • Ciprofloxacina
  • Sulfametoxazol
  • Trimetoprim

O tratamento sistêmico deve ser sempre acompanhado por medidas de higiene local.

Prevenção

Muito melhor do que tratar essa doença é se prevenir e evitar que ela se instale. Como fazer isso? É simples. Basta sempre se proteger no ato sexual com o uso de preservativo. Lembre-se que não se deve só evitar a gravidez durante o ato sexual, deve-se preservar a saúde, deve-se usar camisinha.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook