Atualizado em: 27 setembro 2011

Café Contra Depressão Feminina

Após uma longa pesquisa em feita por pesquisadores profissionais em Harvard, foi detectado algo em que mostra que através de uma certa quantia, ou o consumo do café entre em relação a mulher, a bebida poderá servir contra a depressão feminina, assim diz o estudo.
Café Contra Depressão Feminina

Uma verdadeira opção, imagine só, o café pode agir contra a depressão feminina, assim diz os estudos.

Como todos sabem, a depressão feminina, é algo muito sério, ainda mais, quando elas não se controlam de maneira alguma, neste caso, com certeza, elas não conseguirão nada de bom, em questões de melhorias. Seja uma depressão pós-parto, ou em qualquer outra, as pessoas merecem o mais completo acompanhamento, e isso é muito importante para vida delas.

Os estudos

Em questões da cafeína, não se sabe realmente se há algo certo que acaba como os problemas em questões aos problemas do coração, e enfim, mas de acordo com alguns estudos, poderá ajudar contra a depressão das mulheres. Segundo pesquisas, ainda há algumas razões e alguns sentidos em se deve ter certeza deste tratamento.

publicidade:

Para as pessoas que não se sentem realmente à vontade em participar de qualquer tratamento, as melhores opções de tratamento para ajudar na saúde, estão em relação aos tratamentos naturais, é claro, quem é que não queria conseguir uma cura através de um simples e adorável café.

De acordo com os estudos, afirma-se que, mesmo que as razões ainda não estejam claras sobre os assunto, especialistas, acreditam em que a cafeína pode alterar a química do cérebro, no entanto, o resultado mostrou que o café descafeinado não teria o mesmo efeito na hora de curar a doença depressiva.

Saibam mais sobre as doenças:

Segundo a pesquisa, não é da noite para o dia que o câncer será curado, mas pelo que se constatou, pela quipe de especialistas do Harvard Medical School, entre um grupo de mulheres durante uma década, constatou-se em uma comparação que, ao longo de uma década, entre 1996 até 2006, o uso de questionários para registrar o consumo de café por parte delas foi algo que diverge, ajudando no estudo.

A conclusão

No acompanhamento da pesquisa feita em um grupo de mulheres, apenas 2.600 deram sinais de depressão ao longo deste período, destas, a maior parte consumia pouco café ou não tomava a bebida, e não é só isso não, após a comparação com as mulheres que bebiam apenas um copo de café por semana ou até menos, aquelas que consumiam duas a três xícaras por dia tinham 15% a menos de chance de sofrer depressão, resumindo, aquelas que bebiam quatro ou mais xícaras por dia tinham 20% de chance a menos de ter depressão.

[share]

Os estudos, segundos pesquisa, ainda relatam o seguinte, as mulheres consumidoras regularmente no café, elas estavam mais propensas a fumar, beber álcool e menos envolvidas com atividades da Igreja ou grupos voluntários ou comunitários.

Elas também estavam menos propensas a ficar acima do peso e a sofrer pressão alta ou diabetes. Elas também estavam menos propensas a ficar acima do peso e a sofrer pressão alta ou diabetes. Os pesquisadores, ainda acreditam que, além de ser algo que pode mudar a vida de muitas mulheres, é preciso realizar mais pesquisas para verificar se a substância é útil para prevenir a depressão. Saibam todos os detalhes através do site Estadão.

Fonte: www.estadão.com.br

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook