Brucelose em humanos

Existem algumas doenças pouco conhecidas e que deveriam ganhar maior destaque por ser de fácil contágio. Uma doença que não é muito falada e pouquíssimo conhecida é a Brucelose. Saiba mais sobre essa doença no decorrer do artigo.

O que é?

A Brucelose se trata de uma doença crônica que também é conhecida como Febre de Malta. É causada por uma bactéria do gênero Brucella que está presente em laticínios não pasteurizados. Uma vez transmitida, a brucelose causa uma infecção que muitas vezes resiste a resposta imune do organismo.

A doença Brucelose é transmitida através de animais infectados pela bactéria ou através do leite desses animais também infectado. Isso muda o pensamento de muita gente que acreditava que a Brucelose só atingia os animais. Através do leite não-pasteurizado é possível que o homem seja também infectado pela bactéria. É uma doença que afeta animais do mundo inteiro.

Sintomas

Quando as bactérias são ingeridas através dos alimentos e do próprio leite, essas bactérias invadem a mucosa do intestino, causando diversos sintomas partindo do sistema gástrico. Além de ser transmitida pelo leite e pelos alimentos, a doença também pode ser transmita através do contato com o animal, no caso de haver uma ferida, a bactéria poderá ser aspirada através do sistema respiratório ou penetrar na pele através da ferida. Depois de infectado, a doença se manifesta de maneira crônica, tendo uma progressão lenta.

Os sintomas que são comuns da doença são: febre, suores, calafrios. Em casos mais avançados a doença provoca a depressão, a anorexia, dores de cabeça e dores musculares. É muito comum que os sintomas passem despercebidos, pois costumam ser irregulares, pois muitas vezes que se manifestam o sistema imunológico consegue controla-los.

Tratamento

Uma vez descoberta a doença, o seu tratamento será basicamente medicamentoso, através da administração de antibióticos. Além de outros medicamentos para que o organismo se normalize e não tenha mais os sintomas da doença.