Atualizado em: 29 outubro 2012

Bicho geográfico, saiba o que é e como evitar

Muitas pessoas não sabem os danos causados pela bicho da geografia, uma situação que causa bastante desconforto às pessoas acometidas.
Você Sabia?
Que o bicho da geografia bicho é uma série de manifestações patológicas causada geralmente por parasitas específicos do intestino delgado de cães e gatos que eventualmente atingem o homem. As larvas infectantes deixam marcas parecidas com um mapa na pele do homem devido à sua migração.

bicho geográfico é uma doença de pele causada pela Larva Migrans presente nas fezes

Com a chegada do calor muitas pessoas começam a procurar os litorais para descansar e aproveitar o sol, porém a ida nesse tempo a esses locais exige maiores cuidados na questão da saúde, não somente em respeito a exposição ao sol mas também com outros problemas como o Bicho geográfico.

Um problema que infelizmente é comum e tende a aparecer nessa época do ano, para você entender melhor, iremos explicar o que é o bicho geográfico e como evitar.

publicidade:

O que é?

O bicho geográfico é uma doença de pele causada pela Larva Migrans, que só é encontrada nas fezes dos animais domésticos, que a pessoa pode contrair quando entra em contato com as fezes.A doença pode ser diagnosticada com o surgimento de coceira na pele, que tende a ser mais intensa durante a noite, o médico pode constatar que a pessoa está com a doença somente por olhar a lesão.

Nas praias o problema é mais comum, pelo contato da pessoa com a areia infectada, andar descaço na areia da praia não é aconselhável pois os animais podem ter defecado no local. Além disso você também pode contrair pelo contato as vezes dos seus próprios animais no quintal, ou seja a forma de contrair o bicho geográfico e somente através do contato direto com as fezes do animal.

Tratamento

O tratamento é feito a base de medicamentos via oral ou em pomadas, quando o parasita morre as marcas de onde ele estava tende a coçar muito, por isso é aconselhável colocar uma pedra de gelo para amenizar a sensação de coceira.

Prevenção

É recomendado o uso de sapatos fechados, e evitar o contato com qualquer solo onde o animal possivelmente faz suas vezes, se possível nas praias utilize um chinelo para transitar, caso ande a beira da água descalça procure lavar os pés com água doce e fria de preferência, tome cuidado ao sentar na areia, utilize sempre uma toalha ou uma canga limpa, evite o contato direto com a areia da praia.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook