Atualizado em: 7 julho 2011

Asma Ocupacional

Saiba tudo sobre essa enfermidade muito comum adquirida no ambiente de trabalho. Tudo sobre como ocorre,o porquê que ocorre e qual a melhor maneira de tratar.

Muitos empregos acabam arriscando a saúde de seus empregadores por colocar um organismo frente a agentes que possam causar sérios problemas futuros ou até mesmo no presente. É o caso da Asma Ocupacional, que além de prejudicar o trabalhador, também tem seu quadro agravado tanto com relação a instrumentos de trabalho quanto ao tempo, principalmente no inverno. Saiba mais a seguir.

publicidade:

O que é?

A asma ocupacional é uma asma que é causada por agentes que são inalados no ambiente de trabalho. É quando o empregador está exposto a algo que possa ser maléfico para sua saúde futuramente. É importante não confundir a asma pré-existente, ou seja, aquela que já vem com o trabalhador ao iniciar o trabalho, com a asma ocupacional. Embora possa agravar o quadro do indivíduo, essa asma não foi causada pelo ambiente de trabalho.

Todas essas atividades que deixam os trabalhadores expostos a agentes inalatórios são acompanhados por médicos. Normalmente, a asma ocupacional costuma se manifestar com sinais e sintomas como tosse e dispneia, ou seja, a dificuldade em respirar. Uma aparição desses sintomas após o início do trabalho são altamente conclusivos de diagnóstico de asma ocupacional.

Categorias

Existem duas categorias de asma que podem ocorrer no local de trabalho, aquela asma que pode ser adquirida no local de trabalho e aquela que é agravada pelo ambiente de trabalho. São a mesma coisa, mas com origens e causas diferentes, porém, as duas sofrem influencia do ambiente de trabalho.

A asma ocupacional possui como característica o quadro obstrutivo das vias aéreas devido ao ambiente de trabalho e não por estímulos externos. Já a asma que é agravada, ela se torna pior devido a diversos fatores contidos no ambiente de trabalho. As duas asmas podem ser diferenciadas através de um período de latência, período esse que pode existir ou não. A asma ocupacional pode surgir por diversos fatores como a alta concentração de gases, o fumo e a presença e manipulação de substancias químicas.

Prevenção

É muito importante que haja prevenção para que o mal não se instale. A prevenção pode ser feita através da instalação de ventiladores ou haver processos de isolamento. Tudo isso é bom para contribuir para que haja uma melhora ambiental. Além disso, é muito importante o uso de equipamentos individuais, como luvas, óculos, máscaras, entre outros equipamentos.

Tratamento

O tratamento da asma ocupacional se dá através do afastamento do trabalhador, isolando ele do agente causador. Isso pode ser feito com uma mudança de setor, dentro da mesma empresa ou para outro local em que ele não correrá riscos e nem terá contato com o agente. Fora isso, o tratamento é basicamente medicamentoso, visando controlar os sinais e sintomas da asma ocupacional.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook