As 10 Doenças mais Graves

Cuidar da saúde é algo que não tem preço, mas que pode se tornar caro se não houver os cuidados necessários. Muitas pessoas não se preocupam muito em realizar exames que são imprescindíveis, pois veem como se não houvesse necessidade. Isso é um erro que muitos cometem, procurar um médico somente quando há a ocorrência de algum sintoma ou sinal que possa simbolizar que existe uma doença. Muitas vezes, esperar por um sinal ou sintoma pode ser tarde demais, pois simplesmente algumas doenças não se manifestam precocemente e isso faz com que haja um diagnóstico tardio, tornando o tratamento mais complicado e dificultando ainda mais na sua eficácia.

Doenças

Quando estamos doentes, normalmente manifestam-se alguns sinais e sintomas que indicam a presença de algo errado no nosso organismo. Algumas doenças acabam sendo as mais comuns, como gripe, por exemplo. Outras doenças já são mais sérias e algumas doenças são extremamente graves e que necessitam de uma atenção muito especial.

Existem diversos tipos de doenças que podem afetar muitas pessoas pelo país. Algumas são transmitidas de pessoa pra pessoa, outras são adquiridas através de parasitas, outras são do próprio conteúdo genético, passado pelos próprios familiares.

Dentre todas as doenças existentes no mundo, algumas são mais graves. As doenças são consideradas graves de acordo com os sintomas apresentados, as lesões que a doença manifesta e qual órgão(s) ela possui a capacidade de atingir, levando em consideração também se o órgão atingido é um órgão vital, pois se for, isso tornará a doença ainda mais grave.

 

Doenças Graves

Algumas doenças são mais graves e nem todo mundo possui a noção da sua gravidade. As doenças que afetam o coração e os pulmões, são doenças graves e é impossível listar e dizer qual delas é a mais grave de todas. Por isso, são duas categorias que se enquadram de modo amplo nas lista de doenças mais graves. Além dessas, existem algumas doenças metabólicas e outras doenças que afetam diretamente o sistema imunológico que também são extremamente graves. Vejam quais são as 10 doenças mais graves que existem:

  • Doenças do coração: Dentre elas são as mais graves e mais comuns, a insuficiência cardíaca e o infarto agudo do miocárdio. Existem também algumas mutações que deformam o coração, fazendo com que o sangue não seja bombeado da maneira correta, levando o indivíduo a morte.
  • Doenças Respiratórias: dentre elas as mais comuns que são a bronquite, asma e a pneumonia.  São doenças que podem ter nascido com o indivíduo ou então adquiridas decorrente da poluição, de alergias e da inalação de gases poluentes, podendo provocar o aparecimento dessas doenças.
  • Diabetes: é uma doença que pode ser adquirida através de péssimos hábitos alimentares ou então através de fatores genéticos, no caso, as pessoas que já nascem com a patologia. É uma doença que precisa ter cuidados rigorosos, pois não costuma se manifestar, somente através de exames. Além disso, também mascara algumas doenças que possam existir. É uma doença silenciosa que vai tomando conta de todo o corpo e debilitando todos os órgãos.
  • AIDS: é uma doença que ainda não possui cura e que é provocada pelo vírus HIV através do compartilhamento de seringas e relações sexuais, que são os modos mais comuns de contágio. É uma doença que necessita de tratamento e de atenção especial, pois afeta o sistema imunológico e sem os cuidados necessários, o indivíduo fica muito debilitado, podendo ser levado a morte.
  • Malária: assim como a Dengue, a Malária também é transmitida por um mosquito e é de fácil contágio. O mosquito é o Anopheles Darling e está em grande quantidade na região norte do Brasil. É uma doença que se não descoberta a tempo pode levar o indivíduo a morte como já fez em muitos casos.
  • Câncer: é a segunda doença que mais mata no país. Também se trata de uma doença silenciosa e que muitas vezes não manifesta nenhum tipo de sinal ou sintoma aparentemente, sendo percebido após muito tempo e dificultando o tratamento. São nódulos que podem ser benignos, que é o modo mais tranquilo e sem maiores tratamentos, e o maligno, que é a forma grave da doença necessitando de muitos tratamentos para obter melhora.
  • Dengue: é uma doença muito comum transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. Já foi considerada uma doença epidêmica nos anos 80 e acaba crescendo muito na época do verão. É de fácil contaminação e pode levar a morte no caso da dengue hemorrágica se não tratada corretamente.
  • Doenças do Aparelho Circulatório: se enquadram o derrame, o infarto e os distúrbios de pressão (alta ou baixa). São problemas relacionados a um mau funcionamento da circulação sanguínea, que podem levar a o entupimento de alguma artéria, levando ao aparecimento de um dos fatores citados acima.
  • Hepatite: é uma doença que possui diversos tipos de vírus, sendo o mais grave o do tipo C. É uma doença adquirida através de vírus por contágio através de sangue contaminado. Uma vez adquirido e em um estágio mais avançado, a hepatite pode afetar severamente o fígado.
  •  Cólera: A cólera é uma doença típica de regiões que sofrem problemas de abastecimento de água tratada. A sujeira e os esgotos a céu aberto ajudam no aumento de casos da doença. A região nordeste do Brasil é a que mais sofre com este problema. Água limpa e tratada, tratamento de esgoto e condições ambientais adequadas dificultam a proliferação da doença.
Cuide da sua vida, pois todos nós estamos sujeitos a adquiri-las sem ao menos esperar. Se previna ao máximo e zele por uma vida saudável, pois até os mais fortes adoecem.