Atualizado em: 15 fevereiro 2013

Anticoncepcional Diane 35: Riscos no uso deste contraceptivo

Confira mais sobre os riscos do uso deste anticonceptivo que vem dando o que falar depois de sua proibição. Veja suas indicações!
O Anticoncepcional Diane 35 traz alguns riscos a sua saúde, e sua venda foi proibida. (Reprodução)

O Anticoncepcional Diane 35 traz alguns riscos a sua saúde, e sua venda foi proibida. (Reprodução)

Após quatro mortes na França, confirmadas pelo uso do medicamento Diane 35, apresentando quadro obituário por tromboembolismo, o medicamento foi abruptamente interrompidos pelas autoridades sanitárias da França.

O medicamento que é amplamente prescrito como contraceptivo, não será mais comercializado e nem prescrito assim como seus genéricos que possuem uma combinação de químicas que serão posteriormente analisadas como medida de precaução para eventuais complicações.

publicidade:

No Brasil

No Brasil, ainda não há previsão de interrupção de comercialização do produto, já que um relatório divulgado indica somente quatro mortes em vinte e cinco anos de comercialização do produto, somente os critérios de prescrição, serão avaliados em pacientes que possuírem histórico de saúde com possíveis fatores de risco.

Sobre o Diane 35

O medicamento é contra-indicado o uso em pessoas com Lúpus, hipertensão ou angina e relativamente contra-indicado em casos de varizes, epilepsia, excesso de peso entre outros; devido a utilização sem prescrição médica, efeitos adversos não passam pelo olhar clinico do ginecologista, que assim não tem poder para orientar.

Em nota, o laboratório Bayer prestou esclarecimentos referentes a noticias lançadas na imprensa sobre as mortes, informando que está ciente da suspensão do produto na França, ressaltou que medicamentos em especial compostos por hormônios necessitam de prescrição e acompanhamento médico, informou também que o tromboembolismo é mais freqüente em mulheres grávidas do que em usuárias de contraceptivos e afirma que indicações e contra-indicações são previstas nas bulas para esclarecimento geral da classe médica e das usuárias do produto.

Indicações

Na verdade é indicado para acnes acompanhadas de seborréia ou inflamação e síndrome de ovários policísticos, e nas advertências da bula é informado que o medicamento é baseado em contraceptivos orais combinados por conter estrogênio e progestogeno como solução epidemiológica. Assim como também informa em reações adversas possíveis distúrbio gastrintestinal, como náuseas, vômito, diarréia e dor abdominal, distúrbios psiquiátricos descritos como depressões, alterações de humor, diminuição da libido dentre outras informações. O uso irregular do medicamento reduz a eficácia terapêutica e o efeito contraceptivo.

A bula informa criteriosamente que o medicamento deve ser prescrito por um medico, repete-se mais de uma vez referentes aos riscos de trombose e suas variações e possíveis doenças hereditárias que podem induzir o medico a receitar outro medicamento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook