Atualizado em: 7 setembro 2011

Anorexia e Bulimia aumentam chance de infertilidade em mulheres

Devido a falta de nutrientes e gordura que a bulimia e a anorexia proporcionam para a mulher, as chances de fertilidade são menores do que o normal. Entenda o porque e saiba mais sobre esses distúrbios.

Por mais campanhas e conscientizações sobre distúrbios alimentares, muitas mulheres ainda estão fixadas e obcecadas em ter um corpo perfeito e magro. Para muitas, sinônimo de perfeição é ser magérrima e para isso, muitas mulheres apelam para o jejum, sem se alimentar direito por querer perder peso devido a imagem retorcida que elas tem de si mesma. Uma alimentação desregulada ocasiona em sérios problemas para a saúde, pois a falta de diversas substâncias acaba debilitando o funcionamento de diversos sistemas do organismo. Os distúrbios alimentares mais enfrentados que afeta muitas mulheres é a bulimia e a anorexia. Em ambas, a mulher tem uma imagem deturpada de seu corpo, sem ter consciência corporal e entrando na paranoia de emagrecer a qualquer custo.

Bulimia x Anorexia

Esses são dois distúrbios que são adquiridos de formas diferentes, mas que são extremamente semelhantes, por ocasionar o mesmo problema e por debilitar o organismo de uma maneira surpreendente. A bulimia é o ato de provocar o vômito com a finalidade de emagrecer. As mulheres bulímicas acabam se sentindo culpadas pela comida ingerida e provocam o vômito. Já no caso da anorexia, a mulher também tem a imagem do seu corpo deturpada, tendo a impressão que seu corpo é muito maior do que realmente é, devido isso, a mulher acaba não comendo como saída para perder o peso que ela imagina ter. Essas duas doenças são extremamente graves e ocasionam em muito mais problemas do que muita gente imagina. Além da debilidade do organismo que não recebe os nutrientes necessários para um bom funcionamento, a mulher que possui bulimia ou anorexia, também pode ter sérios problemas com relação a fertilidade.

publicidade:

Veja também

Influência na Fertilidade

Foi realizado um estudo em Londres no Instituto de Psiquiatria do King´s College London. Neste estudo, foram avaliado os questionários de 11.088 grávidas, entre a 12a e 18a semana de gestação. Todas elas já tiveram distúrbios alimentares, sendo 171 que tiveram anorexia, 199 que tiveram bulimia e 82 que passaram pelas duas doenças. O estudo mostrou como resultado que as mulheres que tem um desses distúrbios podem levar mais de 6 meses para engravidar, sem contar que a maioria corre o risco de necessitar duas vezes mais que o normal de tratamento para engravidar. A infertilidade é comum nas portadoras de um ou dos dois distúrbios, pois o organismo pela falta de gordura e nutrientes necessários, acaba sofrendo uma deficiência na produção de hormônios , fazendo com que essas mulheres não ovulem ou que tenham uma ovulação de baixa qualidade.

Além da infertilidade, outro problema que também é bastante preocupante é sobre a gravidez não planejada de mulheres que possuem esses distúrbios alimentares. As mulheres que possuem bulimia e/ou anorexia possuem um ciclo menstrual irregular, ficando até sem menstruar por um bom tempo. Com isso, muitas mulheres acabam engravidando sem se dar conta, devido a ausência do ciclo menstrual que já habitual na vida delas. Isso requer cuidados, pois o feto em formação necessita de muita energia e nutrientes provenientes da mãe, que adquire através da alimentação correta e regular, o que não é o caso de quem possui uma ou as duas doenças.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook