Atualizado em: 20 julho 2011

Causas da Alopecia Areata

Um problema muito comum entre as pessoas, a queda de cabelo, chamada Alopecia Aerata. Saiba a causa dessa doença, quais os sintomas e como fazer para trata-la.

Os cabelos são sem dúvida a moldura do rosto. Quando cortamos de uma maneira errada, acabamos ficando extremamente chateados e com a autoestima lá embaixo, por não se sentir bem com aquele novo corte de cabelo que acabou não agradando. Isso já é um grande motivo para deixar alguém triste, imagina quando se trata de algo mais severo como a queda de cabelo, a chamada Alopecia Areata. Saiba mais sobre essa doença que afeta muitas pessoas.

O que é?

A Alopecia Areata é um problema de pele que provoca a queda do cabelo do couro cabeludo. É um problema que afeta muitas pessoas, mas que não é tão conhecida. Normalmente, essa queda só é notada quando começa a aparecer falhas no couro cabeludo. Em algumas pessoas, o cabelo volta a crescer em pelo menos 12 meses ou até em menos tempo. Mas em algumas pessoas esse problema pode perdurar por muito e muito tempo, se tornando um problema severo levando até a calvície.

publicidade:

Causa da Alopecia

Muitos não sabem ainda a causa da alopecia areata, mas muito se investiga e sua causa provavelmente seja de uma reação autoimune, ou seja, que o nosso sistema imunológico ataca células sadias do nosso corpo, causando diversos problemas como esse. No caso da alopecia, as células que são atacadas, são as células dos folículos pilosos que estão presente no couro cabeludo.

Além dessa possível causa, estudos revelam a influencia de alguns fatores para o aparecimento da alopecia aerata, como a genética, por exemplo. Quem possui pessoas na família que sofrem ou que já sofreram de alopecia, possuem maior chance de tê-la. A idade também acaba influenciando, sendo mais comum que ocorra antes dos 30 anos em pelo menos 40% das pessoas com alopecia. Alguns especialistas também acreditam que o estresse possa também ser uma das causas da alopecia aerata, mas os estudos ainda não conseguiram confirmar a influencia.

Sintomas

Costuma se manifestar através da formação de pequenos círculos de calvície no couro cabeludo. Em algumas pessoas há coceira, formigamento e uma sensação de queimação na região afetada. Algumas pessoas também apresentam rachaduras no local da lesão e até vermelhidão no local. No distúrbio mais raro e grave, a perda de cabelo pode desenvolver-se por todo o couro cabeludo ou todo o corpo, incluindo sobrancelhas, cílios, barba, axilas e pêlos pubianos.

 

Tratamento

Existem algumas opções de tratamento da alopecia, embora não tenha cura definitiva. Conheça muitas opções de tratamento logo abaixo:

  • Cremes de cortisona aplicados sobre as manchas de calvície
  • Imunoterapia utilizando a difenilciclopropenona no couro cabeludo que pode produzir uma reação alérgica para neutralizar o ataque do sistema imunológico.
  •  Topicos de Minoxidil (Rogaine),que podem aumentar o crescimento do cabelo
  • Antralina (Drithocreme, Dritho-cabeludo, Micanol) aplicados sobre o couro cabeludo, causam um irritação dele e podem estimular o crescimento de novo cabelo  .
  • Psoraleno e ultravioleta A fototerapia
  • Uma pequena aplicação de corticosteróides (como a prednisona) por via oral ou, raramente, por via intravenosa para pacientes adultos com extensa perda de cabelo,

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook