Alimentos que combatem e reduzem as crises de Gota

A cereja pode reduzir o risco de crises de gota

A gota é simplesmente o alto índice de ácido úrico no sangue, pessoas normais possuem níveis de uricémia de 7mg/dL nos homens, e nas mulheres é de 6 mg/dL, os indivíduos que apresentam um índice maior que esse estão perante a um quadro de hiperuricemia.

Essa elevação leva a um deposito de cristais de monorato de sódio nas articulações gerando surtos de artrite aguda secundária e incomoda. Porém é importante ressaltar que nem todos que apresentam o índice de ácido úrico elevado são portadores da doença, sendo somente 20% dos hiperucêmicos desenvolvem gota, na maioria das vezes afetam somente os homens adultos.

Causas e Sintomas

Essa enfermidade acontece por ausência de um mecanismo ezimático responsável pela eliminação do ácido úrico pelos rins. Quando a eliminação não ocorre da maneira correta o que aumenta o ácidos no sangue. Além disso a gota pode ser causada por um erro genético, esse erro afeta a produção de enzimas o que faz com que produza de forma errada levando a uma não eliminação correta do ácido úrico.

O sintoma da crise de gota é o inchaço que aparece no dedo do pé, que causa dores intensas, esse individuo pode ter uma crise que dura cerca de 3 a 10 dias e logo desaparece, porém com o passar dos anos ou meses esses sintomas reaparecem, podendo colocar em risco as articulações afetadas ou outras.

Informação

A maneira mais correta de diminuir as crises de gota é levar uma alimentação adequada para sua mesa, os remédios tiram a crise porém os alimentos ajudam a evitar o problema, veja abaixo alimentos que podem consumir e os que não podem.

Alimentos que devem ser evitados

  • Adoçantes que possuem frutose (aumentam a produção de ácido úrico);
  • Doces concentrados como tortas e balas;
  • Pães doces;
  • Sal em excesso ou alimentos salgados;
  • Caldos concentrados de galinha, carne, bacon ou legumes;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Frutos do mar.

Alimentos que podem ser consumidos

  • Leites (soja);
  • Chá;
  • Ovos;
  • Coalhada desnatados;
  • Queijos brancos;
  • Ricota;
  • Cereais integrais;
  • Macarrão;
  • Aveia;
  • Abacaxi;
  • Semente de linhaça;
  • Folhosos verde-escuros;
  • Óleos de peixe