Atualizado em: 10 junho 2010

Alcoolismo – Tratamento Gratuito

Infelizmente o alcoolismo é uma doença muito triste.

publicidade:

Como diagnosticar a doença

Alcoolismo é definido como o consumo exagerado e/ou regular de bebidas alcoólicas e os problemas relacionados e decorrentes. .

O alcoolismo tem diversas variantes, existe o abuso que o consumo excessivo, mas não regular a abstinência e a dependência.

As conseqüências mais comuns e diretas são a embriaguez que é a intoxicação  do organismo pelo álcool, as crises de amnésia que consistem na perda parcial da memória, e os distúrbios de diversas natureza como alucinações, demência, distúrbios de humor, ansiedade, distúrbios sexuais, delirantes, de sono, e outros.

Há também o delirium tremens que pode levar o usuário a morte.

Na grande maioria dos casos, o próprio paciente não consegue perceber o quanto está envolvido com a bebida, tendendo a negar o uso ou mesmo a sua dependência pela mesma.

O alcoolismo traz prejuízos terríveis a sociedade, seja pelos danos a saúde dos usuários que se tornam alvo de muitas doenças oportunistas além das doenças características e próprias do alcoolismo, como hipertensão, doenças de fígado, enxaqueca, cirroses, etc.

Existem os danos sociais pois muitos indivíduos depois de algum tempo e com a dependência do álcool ficam impossibilitados de trabalhar e também os danos a estrutura familiar e a seus entes queridos.

Uma família com um dos seus membros sofrendo de dependência de drogas ou de álcool está condenada a passar por sérias dificuldades e problemas de todas as ordens. Muitos casamentos terminam em divórcio por conseqüência do uso de álcool, com o aumento de violência doméstica contra seus cônjuges e filhos, experiências dramáticas e marcantes para toda a família.

Além desses graves prejuízos sociais vale salientar que depois do tabagismo o alcoolismo é em todo o mundo um dos problemas que acarreta mais custo aos governos, muito maior que aqueles causados pelo consumo de drogas.

Entre as formas de tratamento mais indicadas, estão os programas baseados nos 12 passos (Alcoólicos Anônimos), fundamentados na aceitação da doença, enfrentamento e prevenção a recaída. Estudos também indicam que o apoio da família no processo de tratamento do alcoolista contribui com a melhora dos resultados.

Geralmente realizada por alguns dias sob supervisão médica, permite combater os efeitos agudos da retirada do álcool.

Dados os altíssimos índices de recaídas, no entanto, o alcoolismo não é doença a ser tratada exclusivamente no âmbito da medicina convencional.

Depois de controlados os sintomas agudos da crise de abstinência, seja por meio de internação ou através de tratamento ambulatorial, os pacientes devem ser encaminhados para programas de reabilitação, cujo objetivo é ajudá-los a viver sem álcool na circulação sangüínea, como os grupos de auto-ajuda ( A.A). É preciso lembrar que as recaídas são comuns nos pacientes alcoolistas.

Tratamentos Gratuitos

Abaixo você encontrará algumas instituições gratuitas:

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook