Atualizado em: 21 julho 2011

Sintomas e Tratamento da Afasia

Conheça tudo sobre essa doença que atinge o cérebro e quais os problemas que ela acarreta. Saiba todos os tipos e qual o melhor tratamento para todas as afasias.

Existem muitos distúrbios que são mais comuns do que imaginamos. Alguns problemas que afetam nossa fala, nossa articulação com as palavras e nossa escrita são as ditas Afasias. Cada afasia indica problema em uma região específica do córtex e é algo que só afeta os seres humanos, já que só nós temos a peculiaridade da fala. Saiba mais sobre esse problema que é mais comum do que pensamos e que afeta milhões de pessoas pelo mundo.

O que é e qual a causa?

A afasia é a perda das habilidades de linguagem fala e escrita e a perda da capacidade também. São ações comandadas pelo hemisfério esquerdo que se correlaciona com assimetrias anatômicas, no lobo frontal e no lobo temporal. A afasia nada mais é do que um sintoma comum na área da neurologia que é consequência muitas vezes de um acidente vascular encefálico. Uma vez que algo ocorre na região da artéria cerebral média esquerda ou nos ramos que são responsáveis pela linguagem, ocorre a afasia. Além do acidente vascular periférico, a afasia também pode ser causada por infecções e manifestações degenerativas que comprometam a área específica.

publicidade:

Quais os tipos?

Existem alguns detalhes importantes que diferenciam as afasias e auxiliam o médico a descobrir qual região foi afetada a partir dos seus sintomas. As afasias são portanto divididas em:

Afasia de Broca

Essa afasia caracteriza-se pela dificuldade de falar, mas é possível compreender a linguagem, pois se manteve preservada. É também chamada de afasia não fluente de expressão ou motora, ou seja, o portador consegue executar de maneira normal a leitura, mas a escrita está comprometida. Além disso, os portadores possuem fraqueza em metade do corpo e no membro superior direito, isso ocorre devido a proximidade das regiões afetadas. Todos os portadores possuem a noção de que possuem um déficit e isso faz com que eles fiquem constantemente deprimidos.

Afasia de Wernicke

A afasia de Wernicke é caracterizada pela dificuldade que o portador tem em compreender a linguagem, ou seja, consegue falar, mas a fala faz pouco sentido. Também é chamada de afasia fluente de recepção ou sensorial. Os portadores dessa afasia começam a falar espontaneamente, embora de modo vago, fugindo do objetivo da conversa.

Afasia de Condução

Nessa afasia, a compreensão está praticamente preservada e a fala é fluente e espontânea, mas existe a incapacidade de repetir palavras corretamente.

Afasia Global

Essa é a mais grave das afasias, pois caracteriza a perda de todas as capacidades de linguagem, a de leitura, de compreensão, da escrita. Existe normalmente quando se teve um infarto completo da área da artéria cerebral média esquerda. Os portadores dessa afasia também apresentam hemiplegia direita, ou seja, perda da força do lado direito do corpo.

Tratamento

O tratamento das afasias normalmente são feitas através de um fonoaudiólogo, que irá realizar o tratamento adequado para o tipo específico de afasia. Além disso, existe alguns medicamentos que estimulam a memória do portador, fazendo com que consiga articular melhor após lembrar da palavra, trabalhando assim a sua compreensão da palavra, como o Piracetam, por exemplo. Consulte um médico e saiba qual o melhor tratamento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook