Atualizado em: 13 junho 2013

A alimentação da Mãe pode dar cólicas no bebê? Mito ou Verdade?

Saiba que não é cientificamente provado que a alimentação da mamãe pode dar cólica no bebê que amamenta
Você Sabia?
Que caminhar a passos rápidos, correr, nadar ou pedalar, três vezes por semana, durante cerca de 30 minutos, ajuda quem tem cólica.
AMA

A cólica provoca choro inconsolável no bebê

Certamente nenhum pai gosta de ver seu bebê com o rostinho vermelho de chorar, suas perninhas encolhidas e os dedinhos apertados, o que é um sinal claro de dor de cólicas.

As cólicas desaparecem no terceiro mês de vida do bebê, quase de forma tão misteriosa como chegaram ali, sem mesmo deixar sequelas nas crianças. É verdade ainda que os pais costumem lidar com a situação com uma grande tranquilidade e tem o dom de acalmar o bebê. Por este motivo a seguir daremos algumas dicas para distinguir o que é mito ou verdade quanto as cólicas.

publicidade:

Recém Nascidos tem Cólicas?

Na verdade é um grande mistério, e não se tem uma causa exata, mas os médicos acreditam que seja devido a imaturidade do sistema gastrintestinal e nervoso, que como está em desenvolvimento acontecem movimentos desordenados causando dores. Mas assim que tiver três meses de vida o bebê para de sofrer deste problema.

Porque algumas possuem outras não

Cada pessoa é única neste sentido, não existem dados científicos mas dizem que a tensão e a ansiedade do pai poderão interferir, já que normalmente ela é proveniente principalmente do primeiro filho, nos outros ela não acontece de forma tão comum.

Como saber se o Choro é de Cólicas

Você deverá fazer uma eliminação, saber se o seu bebê está com fome, e se a fralda está molhada, se ele está com calor ou frio, se nada disto for, e o choro continua, certamente estará com cólicas. Existem características específicas para isso, o bebê se contorce, com uma expressão de dor, as crises acontecem no mesmo horário normalmente.

Informações

Não existe um bom consenso sobre este assunto, a incidência pode acontecer nas duas situações. E o que poderá fazer realmente diferença é que se a amamentação acabar sendo bem orientada ele irá engolir menos ar, e automaticamente irá ter menos cólicas. O leite materno é bem absorvido, e ajuda a amadurecer rapidamente o intestino do bebê independente do que a mãe ingerir.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook