Atualizado em: 24 outubro 2011

Mulheres atacam e os homens fogem?

As mulheres estão tomando atitude na hora da conquista, o que acaba assustando um pouco os homens e acaba tirando uma posição que simbolicamente, sempre foi deles.
Mulheres atacam, eles fogem

As mulheres estão adquirindo cada vez mais atitude e independência quando se trata de relacionamentos. (Foto: Shutterstock)

Convenhamos que o mundo está de pernas para o ar, tanto em relação a assuntos mais sérios, como violência, quanto a assuntos mais descontraídos, como o relacionamento sexual e amoroso entre duas pessoas.

Antigamente, em um passado nem tão distante assim, as mulheres não se atreviam a tomar a iniciativa. O interesse por um rapaz poderia ser o maior do universo, mas nada se fazia antes que ele percebesse e desse o primeiro passo. Isso continua? Claro que sim, muita coisa mudou, digamos que bastante coisa mudou, mas as mulheres que esperam a inciativa por parte dos homens ainda existem.

publicidade:

Nos dias de hoje tudo está meio diferente e as mulheres estão meio mudadas. Digamos que estão mais masculinizadas, não na aparência, mas na personalidade e nas atitudes. Elas não querem proximidade, intimidade, compromisso como antigamente e estão ‘atacando’ mais. Muitas justificam tal atitudes devido a um enorme histórico de sofrimento, culpando os próprios homens disso. Não que seja errado ser assim, pelo contrário, há muitas vantagens em preferir não se envolver e não se entregar como acontece normalmente.

Chega de amor, chega de carinho

“Sempre tive calma e esperei o momento certo. Bom, pelo menos em alguns momentos parecia o momento certo pra mim, enfim. Nunca me entreguei de cara e nem morri de amores no primeiro encontro. Sempre levei tudo numa boa e sempre fui muito difícil. Após um bom tempo com a pessoa, resolvi me entregar, e o que aconteceu? Ele pulou fora. Desde esse dia resolvi não me entregar mais e parar de sofrer. Se eles nos usam, temos os mesmos direitos. Se quero só um beijo, será só um beijo, se for só sexo, será só sexo”.

Relatos assim são extremamente comuns hoje em dia. O motivo pelo qual isso acontece não é uma certeza absoluta, mas existem especulações e sugestões sobre o assunto. Muitos acreditam que após sofrer com várias tentativas de relacionamentos, as mulheres se tornaram pessoas mais frias que resolveram dar um basta ao amor e acreditar mais no desenho e na impulsividade.

[share]Em outros momentos, as mulheres podem segurar tanto o sentimento para não “assustar” o cara que eles começam a sentir todo o amor primeiro, mas percebem que elas não sentem o mesmo através de suas atitudes, quando na verdade elas sentem, só não querem demonstrar para não levar um ‘pé na bunda’. Isso acaba fazendo com que o cara que realmente estava disposto a se dedicar a um relacionamento, pule fora mesmo. Afinal, ninguém gosta de amar sem pelo menos parecer ser amado, não é verdade?

Assustando os rapazes

Com comportamentos anti-amor, as mulheres acabam tomando as rédeas da situação e estipulando realmente o que querem. Nada de amor, carinho e ligações. Grande parte das mulheres estão preferindo uma atenção sim, mas sem exageros por favor. As mulheres hoje em dia não gostam dos caras que ficam em cima e que ficam correndo atrás constantemente.

Muitas mulheres depois que aprenderam a lidar com o sexo casual não querem mais saber do bom e velho relacionamento e desistem muitas vezes do tão sonhado casamento. Com toda a competência e independência feminina, as mulheres não querem alguém para se prender, elas querem mais é aproveitar a vida e continuar assim, independente e preservando sua liberdade. Além disso, quando uma mulher quer hoje em dia não hesita em deixar bem claro e lutar pelo cara que está interessado. Essas atitudes acabam assustando um pouco os homens, pois não é uma posição habitual das mulheres e querendo ou não, porque estão perdendo um espaço cativo e que de fato, nunca foi sempre deles.

Calma mulherada!

Mulheres atacam, eles fogem 1

As mulheres estão tomando atitude na hora da conquista, o que acaba assustando um pouco os homens e acaba tirando uma posição que simbolicamente, sempre foi deles. (Foto: Shutterstock)

Tudo isso é ótimo, independência emocional, muito bem resolvidas, mas o sofrimento está sempre esperando para dar as caras. Não adianta tentar fugir sempre de relacionamentos, pois quando você menos espera ele aparece e te pega de jeito.

Muitas mulheres tentam manter aquele sexo casual constante, com a mesma pessoa. O relato é sempre o mesmo, “somos amigos e matamos nossa vontade. Não há nenhuma possibilidade de algo a mais acontecer”. É nesse momento que muita gente se engana, achando que possui o controle total da situação e dos sentimentos. É impossível se envolver com a mesma pessoa e depois de um tempo não começar a desenvolver algum tipo de sentimento de mais afeto, mesmo que todos tentem se enganar e se fazer de forte e de durão ou durona.

Por isso, amar é belo, sofrer faz parte. Aprenda a abrir o coração, se permita. Atitude é sempre bem vinda e os encontros casuais também. Mas nunca devemos ultrapassar a ordem natural e inevitável das coisas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook