Atualizado em: 6 junho 2012

É normal falar sozinho?

Existe uma linha tênue que identifica se é normal falar sozinho ou se é algo patológico. Saiba até onde falar sozinho pode ser normal e os sinais que indicam algo mais sério.
Você Sabia?
Muitas pessoas acham muito normal falar sozinho, o que acaba resultando em poucas amizades, já que a própria pessoa supre qualquer carência de conversa, conselhos e coisas do tipo.
É normal falar sozinho

Existe uma linha tênue que identifica se é normal falar sozinho ou se é algo patológico. (Foto: Divulgação)

Muitos momentos da sua vida você já se pegou falando sozinho e começou a pensar que você é louco? Pois é, esse é sem dúvida o primeiro pensamento que passa na cabeça de muita gente é se esse ato é normal falar sozinho ou se você está ficando realmente pinel? Muita calma nessa hora, vamos com calma a cada ponto sem nos precipitar.

Existe uma grande diferença em falar sozinho e falar consigo mesmo, e essa diferença que separa o normal de algo mais estranho, que não ousamos diagnosticar. Sabe quando você está andando pela casa e de repente bate o dedinho mindinho do pé na quina da mesa de centro? Pois é, essa é uma das horas que começamos a falar sozinhos, diferente do que seria falar com alguém, entenderam? Vamos simplificar.

publicidade:

É normal falar sozinho?

É extremamente normal você esboçar reações, desejos e outros pensamentos em voz alta, como se estivesse falando sozinho, diferente é dialogar com algo que não existe, que pelo menos para alguns não existem. Vamos por em prática e tornar tudo mais fácil. Usando o exemplo anterior, é muito normal você xingar e esboçar reações que aliviem a sua dor no momento que você bateu o dedinho. Você dar vários nomes e palavrões para a mesa de centro é mais do que normal, afinal, ela que lhe proporcionou essa dor, diferente de você conversar com a mesa de centro, certo?

O “falar sozinho” também é muito relativo e é difícil distinguir o limite entre o normal e o patológico. É fato que conversar com pessoas que não existem, com pessoas imaginárias, pode ser sinal da presença de algum distúrbio, mas isso só cabe a medicina julgar e avaliar para melhor diagnosticar.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook