Atualizado em: 15 agosto 2012

Casamento: Um pesadelo para os homens?

O casamento normalmente se mostra um verdadeiro pesadelo para os homens desde o planejamento da festa até o casamento em si. Mas, porque isso acontece? É preciso entender e tentar modificar este pensamento masculino, mostrando que é possível ser feliz no casamento.
Casamento pesadelo para homens

Os homens acabam sofrendo com a pressão do casamento desde o planejamento da festa até o momento de viver junto. (Foto: Shutterstock)

Uma das principais reclamações femininas é em relação a maneira com que os homens lidam com assuntos mais femininos. A maioria das mulheres espera que eles tenham a sensibilidade e coerência que elas possuem. Mas espera aí mulherada, as mulheres somos nós, eles são responsáveis por toda a parte “ogra” da coisa, vamos tentar entendê-los.

Um homem ama, se apaixona, assim como a mulher. Podemos dizer que alguns homens quando se apaixonam conseguem ser piores que as próprias mulheres. A maioria dos homens segue o curso “natural” da vida, conhecer, namorar e casar. Casamento, palavra tão temida pela maioria dos homens e que vem sendo temida também pelas mulheres.

publicidade:

Claro que o que mais assusta os homens em um casamento é aquela rotina, ter que ver todos os defeitos da mulher amada e não ter aquelas noites de sedução com lingerie que era comum quando namoravam. É óbvio que as coisas não são assim, pelo menos não pra todos os casais. Mas o medo de casamento vem bem antes do ato em si, vem desde o planejamento do casamento, digamos que se inicia após o pedido.

O terror do planejamento

A mulher é ansiosa e elétrica por natureza quando o assunto é planejar, principalmente quando o planejamento é referente a SUA festa de casamento. Aí que entra todos os desejos femininos e todos os temores masculinos. Escolher o lugar, a roupa, a decoração, mulher adora fazer isso, mesmo que seja o casamento mais simples do mundo. E os homens?

[share]Já experimentou falar de decoração com algum homem? Fora os que são formados e os que trabalham com isso, o resto não entende e não gosta de falar sobre essas coisas. Então para muitos homens o pesadelo do casamento não é tanto em relação ao fato de casar e perder sua vida e sua liberdade, até porque os que já topam casar é porque já estão felizes com a pessoa amada e já passaram da fase de bebedeiras e beijos com várias a noite toda. Planejar um casamento requer dedicação e interesse pela festa. Cuidar de vestido de madrinhas, de dama de honra, do buffet e da decoração da igreja definitivamente não irá atrair o noivo. O que vai importar de fato para ele é a parte da festa em si, a reunião com seus amigos e a comemoração de mais uma etapa da vida.

A festa de casamento e depois da festa

Casamento para os homens

Não exija que o homem escolha sobre a decoração. Passe tarefas da festa de casamento que o homem possa executar, coisas como cuidar da música e organizar o churrasco. (Foto: Shutterstock)

Entenda que ele é o homem da relação, não exija que ele escolha entre lírios e copo-de-leite e nem sobre o tipo de tecido que será usado nas toalhas de mesa. Escolha você mesma isso. Além dele não entender absolutamente nada, ele é obrigado a aguentar a noiva enlouquecida escolhendo tudo e tendo que deixar tudo perfeito em pouco tempo. Lembre-se que o pré-casamento é um período de TPM constante e fúria absoluta por parte da noiva. Isso tudo acontece devido a extrema preocupação em tornar aquela festa perfeita. Embora seja só mais uma festa para os homens, para as mulheres é A Festa.

Chegou o momento da festa. Agora é a hora de curtir, aproveitar e festejar o casamento. Aproveitar que por enquanto tudo são flores e que as brigas ainda não fazem parte da rotina do casal. Por mais que os casais briguem quando namoram, quando se casam as brigas virão com tudo e é preciso muita maturidade dos dois para poder aceitar e entender o que se passa. É preciso entender que ao se casar, manias que antes eram desconhecidas vão vir a tona e que acabou aquela mordomia de ter tudo pronto e feito pela mamãe.

Embora muitos casais namorem há 9 anos antes de casar e já se sintam preparados para casar, imaginando que irão tirar o casamento de letra, não é bem assim, é preciso muita calma e paciência acima de tudo. A rotina é inevitável, mas muda-la é preciso.

Como acabar com o “pesadelo”

Sendo feliz no casamento

Não transforme um momento de prazer em brigas. A chave de um casamento feliz é entender o homem e mostrar que ele, assim como você, é extremamente importante na relação. (Foto: Shutterstock)

A mudança terá que começar a partir do planejamento da festa. Primeiramente, faça do noivo um protagonista também. Não haja como se aquela festa fosse só sua. Compartilhe de tudo e deixe certas tarefas mais masculinas para ele tomar conta. Tenha ciência de que o homem odeia receber ordens, principalmente o tempo inteiro. Não deixe de fazer as coisas, pois é preciso ter alguém para comandar se não a festa não vai pra frente, mas mostre o quanto ele pode ser útil na realização de algumas tarefas.

Veja mais sobre relacionamento

Ele gosta de música? Deixe-o gravar e selecionar as músicas da festa. Será uma festa mais informal, com churrasco? Deixe que ele toma conta dessa parte. A partir do momento que você deixar ele participar também do jeito dele, temos certeza que ele irá vestir a camisa e fazer tudo sem reclamações e sem se sentir comandado.

Já na parte do casamento em si, é preciso entender que as coisas realmente vão mudar e você como uma mulher criativa, tente sempre buscar novas maneiras de evitar que seu relacionamento caia na rotina. Não brigue por qualquer coisa, entenda que agora vocês são casados e a frase “ta tudo terminado” não vale mais só para dar aquele susto em uma briga. Tudo fica muito mais sério e as coisas necessitam receber a atenção e a seriedade necessária. Brigas fazem parte de qualquer relação, seja ela de marido ou mulher, seja ela de mãe e filho. O importante é saber que o amor está acima de tudo. Ajude a manter o que parece um pesadelo afastado e mostre que é possível sim, ser feliz em um casamento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook