Atualizado em: 29 agosto 2011

Yoshihiko Noda é o novo Ministro das Finanças no Japão

O candidato preferido da população era o ex-ministro do Exterior Seiji Maehara, que apoiou Noda no segundo turno.

O Japão agora tem um novo primeiro-ministro, ou Ministro de Finanças, como preferirem. Yoshihiko Noda foi eleito nesta segunda-feira, 29 de agosto, presidente do Partido Democrático do Japão (PDJ). Trata-se do sexto a ocupar o cargo em cinco anos.

Noda derrotou o ministro do Comércio do país, Banri Kaieda, no segundo turno por 215 votos contra 177, e enfrentará uma longa lista de desafios como os problemas causados pelo terremoto. Ele substituirá a Naoto Kan, que na sexta-feira (26) anunciou sua renúncia por causa das críticas à sua gestão diante da crise atômica após o terremoto seguido de tsunami de 11 de março.

publicidade:

O novo ministro era o favorito do mercado financeiro e tem em suas mãos a grande responsabilidade de resolver problemas que deixou o Japão numa das maiores crises de sua história, tanto que após a votação, ele disse que a carga que a política japonesa deve enfrentar é cada vez maior, mas insistiu em trabalhar para resolver a crise.

Alguns dos problemas que o Japão está passando são a crise nuclear de Fukushima Daiichi, o desafio da reconstrução após o terremoto de março, a persistente deflação e o contínuo fortalecimento do iene, que prejudica os exportadores, motor econômico do país.

Como primeiro passo para tentar resolvê-los, Nado pediu para seus companheiros políticos deixassem
de lado as disputas internas para que os cidadãos não se arrependam de ter dado a vitória ao PDJ nas históricas eleições de há dois anos.

De acordo com o IG, o candidato preferido da população era o ex-ministro do Exterior Seiji Maehara, que apoiou Noda no segundo turno. Os outros dois concorrentes eram o ministro da Agricultura, Michihiko Kano, e o ex-ministro dos Transportes e Infraestrutura Sumio Mabuchi.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook