Atualizado em: 6 janeiro 2014

Violência gerada pela Homofobia

Brasil tem maior parada gay, mas lidera em violência contra homossexuais, aumento extremamente preocupante da intolerância gerada pela homofobia.
Você Sabia?
Que o Brasil é o país com a maior quantidade de registros de crimes homofóbicos do mundo, seguido pelo México e pelos Estados Unidos.
homofobia_1_1-e1305659352637

A homofobia é o termo usado para designar o preconceito

A homofobia é um dos tipos de preconceitos e um dos mais perigosos tipos de violência que vem assolando a população brasileira. A cada dia ou hora, jornais e mídias sociais trazem manchetes e números chocantes sobre o assassinato e os crimes sofridos por homossexuais no Brasil e no mundo.

E, apesar das leis e dos apelos de consciência, ainda existem grupos que violentam e humilham gays e lésbicas a todo instante. Estamos falando de uma violência que deixa marcas não apenas físicas, mas também psicológicas e sociais. O preconceito precisa ser combatido antes que seja tarde demais.

publicidade:

Homofobia

A homofobia é um termo utilizado para traduzir toda a aversão ou violência que a população LGBT sofre. Seja como for, o grande contra-senso é que o Brasil, embora seja o país com a maior parada gay de todo o mundo, também é uma das nações que mais cometem crimes e barbaridades contra os homossexuais. Acontece que, como sabemos, as minorias acabam sofrendo bastante e tendo seus direitos prejudicados apenas por serem diferentes, ou seja, por não seguirem as mesmas ideologias que a maioria das pessoas.

O deputado Jean Willis afirma que é preciso criar leis e sanções mais severas para os homofóbicos, além, é claro, de criar mais meios de assistencialismo e ajuda para as vítimas dessa violência ainda tão forte em pleno século XXI. Até porque, de acordo com Os Direitos Humanos universais, todos tem direito a tudo, inclusive no que tange a sua opção sexual.

Problema da homofobia

A homofobia fere a dignidade do sujeito e faz com que, muitas vezes, o mesmo acabe se escondendo e sofrendo de todas as formas, do físico ao simbólico. A psicologia e a justiça são duas forças que podem ajudar as vítimas de homofobia e criar novos sentidos para que a população seja menos violenta e preconceituosa.

Sendo assim, para exterminamos o problema da homofobia, a educação nas escolas e na vida em geral é um ponto-chave que dever ser investido e planejado. Seja como for, o Congresso discute atualmente a possibilidade de criminalizar qualquer tipo de ação homofóbica.

Vídeo sobre a Homofobia

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook