Atualizado em: 25 agosto 2011

Steve Jobs deixa o comando da Apple

Steve Jobs anunciou a decisão por meio de uma carta como comunicado a imprensa. O motivo da saída seria o seu atual estado de saúde.

O representante e figura mais conhecida da Apple renunciou seu cargo de presidente-executivo da Apple nesta quarta-feira, 24 de agosto. Steve Jobs anunciou a decisão por meio de uma carta como comunicado a imprensa. O motivo da saída seria o seu atual estado de saúde. Ele estava de licença médica no início do ano, isso devido a um câncer no pâncreas que teve em 2009, ano que fez um transplante de fígado. O câncer estava supostamente curado.

“Eu sempre disse que se chegasse o dia em que não pudesse mais cumprir meus deveres e expectativas como diretor-executivo da Apple, eu seria o primeiro a dizer-lhes”, “Infelizmente, esse dia chegou. Por meio desta, renuncio ao cargo de diretor-executivo. Eu gostaria de servir, se a diretoria achar conveniente, como presidente do conselho, diretor e funcionário da Apple”, afirmou Jobs em mensagem à diretoria da Apple.

publicidade:

Jobs aconselha que Tim Cook seja seu sucessor na função. Cook já assumiu a função de executivo-chefe da Apple durante uma licença médica de Jobs no início deste ano. Cook atualmente é chefe de operações da empresa, mas mesmo sem essa indicação, Cook já era o principal nome que a empresa tinha para sucessão.

Ainda no comunicado, Steve Jobs falou que ainda acredita que ainda virão dias mais brilhantes para a Apple, e que irá esperar esses dias chegarem em seu novo posto e que vai querer contribuir para que isso aconteça.

A ultima aparição do executivo em público foi no mês de junho deste ano, durante o lançamento do iCloud, serviço que permitirá o usuário armazenar gratuitamente todo seu conteúdo musical e descarregá-lo automaticamente de qualquer aparelho eletrônico da Apple.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook