Atualizado em: 27 janeiro 2011

SMS mata terrorista por acidente

minifig-1

Uma mulher-bomba que pretendia se matar na véspera do ano novo, no centro de Moscou, e potencialmente, centenas de outras vítimas, teve seus planos frustrados por uma simples mensagem de texto que detonou acidentalmente os explosivos.

publicidade:

Os especialistas em segurança russos, acreditam que a detonação aconteceu porque a terrorista recebeu uma mensagem desejando-lhe um feliz ano novo, o que acionou o mecanismo de disparo e fez a bomba explodir. Inacreditável, não é?

Felizmente, a mensagem que poderia ter detonado a bomba em lugar público, chegou enquanto o mulher-bomba estava em sua casa, de modo que ninguém mais além dela própria foi atingido.

A mulher morta não foi identificada, mas seu marido aparentemente está cumprindo pena na prisão por ser membro de um grupo terrorista islâmico radical.

Segundo o Leader Post relatou, terroristas islâmicos na Rússia frequentemente usam celulares como detonadores. Eles instalam o artefato no local escolhido e enviam um SMS a distância para detonar o explosivo. Tal técnica é mais eficaz que a do tradicional homem-bomba suicida, pois mantém o terrorista vivo para efetuar novos ataques, bem como permite escolher à distância o momento ideal para causar o maior número possível de baixas.

Estou feliz que pessoas inocentes não foram feridas ou mortas por essa terrorista, mas porque será que o sujeita usou um celular cujo número provavelmente já tinha sido enviado aos seus amigos? Burrice mesmo não é?

Via Leader Post

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook