Atualizado em: 20 junho 2011

Sites não precisarão mais do "ponto com"

A nova regulamentação começa a valer em 2012 e permitirá que apenas a imaginação seja o fator limitador para quem deseja registrar um domínio na Internet

Sites não precisarão mais do “ponto com”Uma proposta assinada pela ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), permite a criação de novos sufixos de domínios além da 22 extensões de mundiais disponíveis atualmente.

No Brasil, temos o “.com.br, org.br, net.br” e outros com o “br” no final do domínio, por se tratar de um domínio associado ao nosso país. Quem administra isto em nosso país é o Registro.BR.  A ICANN, por sua vez, administra os domínios mundiais, comumente confundidos com domínios americanos, que são o “.com, .gov, .edu, .info” e outros.

publicidade:

A resolução da ICANN não será adotada em massa por um motivo muito simples: será muito caro, mas muito caro, mesmo! A ideia do órgão é dar a empresas, celebridades e qualquer outro que tenha 185 mil dólares para investir e mais 25 mil dólares por ano, a chance de personalizar um endereço de internet.

Com a nova regulamentação, será possível criar outros domínios superiores, então você poderá encontrar a partir ao ano que vem, domínios como “.dinheiro, .porno, .igreja, .brasil, .tops”. Imagine nosso site com o seguinte domínio “sempre.tops”. Sem ponto com, sem “www”, sem “http”. Somente “sempre.tops”. Não seria legal?

O preço salgado tem a intenção de frustrar os oportunistas de plantão que poderiam, por exemplo, criar algo como “google.brasil”, trazendo problemas para marcas e nomes conhecidos, porém os 185 mil dólares de investimento, mais os 25 mil por ano, deverão ser suficientes para frear os ímpetos e minimizar este problema. Acredito também que a ICANN deverá ser rigorosa com a criação de novos domínios, exigindo algum tipo de comprovação documental.

Mas seria muito legal se criassem um domínio superior “.corrupto” e colocassem antes do ponto, os nomes dos nossos políticos. Seria muito interessante pesquisar e encontrar algo como “senadorfulano.corrupto”.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook