Atualizado em: 27 fevereiro 2011

Portadores de Fibrose Cística pedem Socorro

Portadores de fibrose cística pedem socorro

Pessoas portadoras de uma enfermidade chamada fibrose cística estão passando maus bocados e correm até mesmo risco de vida. O Governo do Estado de São Paulo resolveu substituir o medicamento que é disponibilizado para tratamento desta doença na rede pública, porém pacientes reclamam que, na prática, estão sem recebê-los desde janeiro.

publicidade:

 

O problema

O Governo do Estado de São Paulo anunciou em 19 dezembro de 2010 que o medicamento Ultrase MT seria substituído pelo Creon 25000.

ultrase-mp-20mgO Ultrase MT de 12 e 20 miligramas, produzido pela Axcam Pharma e comercializado no Brasil pela United Medical, teve sua fabricação suspensa e será substituído pelo Creon 25000, produzido pela Solvay Pharmaceuticals e distribuído no Brasil pela Solvay Farma.

Ambas as empresas, Solvay Pharmaceuticals e Solvay Farma agora são de propriedade da norte-americana Abbott.

Creon 25000

Os portadores de fibrose cística que utilizam o medicamento Ultrase MT nas dosagens 12 e 20 miligramas terão que procurar seus médicos que deverão trocar a receita para doses de 4, 5, 10 e 25 miligramas, até que o novo medicamento esteja disponível na rede pública.

O medicamento substituto, Creon 25000, cuja dosagem é de 25 ml, custa cerca de 80 reais nas farmácias. Sua função é repor as enzimas pancreáticas, permitindo adequada digestão dos nutrientes ingeridos. Relatos dos pacientes dão conta que uma caixa pode ser consumida em apenas um dia, o geraria uma despesa mensal de R$ 2.400.

 

A doença

Fibrose CísticaA fibrose cística é uma doença genética que ocasiona disfunção nas secreções produzidas por algumas glândulas, especialmente as glândulas produtoras de muco. Sem a enzima, que ajuda o intestino a reter os nutrientes dos alimentos, o portador pode morrer, além de uma série de outras consequências consideradas graves.

A fibrose cística também é considerada uma doença pulmonar obstrutiva crónica, que se caracteriza por gerar uma obstrução crónica das vias aéreas, diminuindo a capacidade de ventilação.

O site www.fibrosecistica.com é fonte valiosa para obter maiores informações.

 

Governo não cumpre os prazos

Farmácia do Posto de SaúdeOs portadores de fibrose cística estão sem o medicamento no estado de São Paulo. Segundo relatos do Rodrigo Tebaldi, autor do site Vai com Tudo, os postos de saúde não estão fornecendo o novo medicamento, deixando inúmeros pacientes à mercê dos sintomas desta enfermidade.

Tebaldi informa que está desde janeiro deste ano sem a medicação. Funcionários do Posto de Saúde de Pinheiros, situado na Rua Ferreira de Araújo, 789,  informaram que o Creon 25000 chegaria a central de distribuição em São Paulo, capital, no dia 21 de fevereiro, e já no dia 23 estaria disponível para retirada no posto de saúde, no entanto, até sexta-feira (25), o produto ainda estava em falta, sem que houvesse explicação convincente.

Na cidade de Campinas o medicamento já está disponível. Segundo pudemos apurar, o problema se limita a cidade de São Paulo.

 

Pedido de ajuda

Os portadores de fibrose cística pedem que esta matéria seja divulgada o maior número de vezes e em todos os meios disponíveis. Se você pode ajudar na divulgação no seu blog, Orkut, Facebook ou em outros meios, não deixe de fazê-lo. A pressão popular pode acelerar o processo de liberação do Creon 25000. O Rodrigo Tebaldi do site Vai com Tudo, aceita doações e pode ser contactado através do email: vaicomtudo @ gmail.com.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook