Atualizado em: 3 novembro 2010

Propostas de Dilma para presidente

Dilma Rousseff foi eleita a primeira mulher presidente do Brasil e assume o cargo no primeiro dia de 2011. Durante a campanha, como candidata, teve a oportunidade de apresentar, em sua campanha, uma série de ideias a serem realizadas, com ênfase na área social.

publicidade:

A proposta de Dilma é dar continuidade a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como ampliar os programas do Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e o ProUni.

Algumas das principais propostas divididas em:

Desenvolvimento social

–         Eliminar a pobreza extrema, que chega a 10,5% dos brasileiros

–         Ampliar o Bolsa Família, que atualmente é de 12,7 milhões família beneficiárias

–         Dar acesso a água potável para os que se encontram em situação de pobreza

–         Erradicar o trabalho infantil

Educação

–         Criar escolas técnicas nos municípios com mais de 50 habitantes

–         Construir 6 mil creches e pré-escolas no pais

–         Investir 7% do Produto Interno Bruto em educação, uma elevação de quase 2% em relação ao índice de 2007

–         Adaptar o modelo do ProUni ao Ensino Médio

Saúde

–         Criar 500 Unidades de Pronto Atendimento

–         Incluir remédios contra diabetes e hipertensão na rede pública

–         Ampliar programas de ações em saúde bucal, Saúde  da Família e Samu

–         Criar o cartão do SUS

Segurança

–         Expandir para o pais modelos das Unidades de Policia Pacificadora

–         Ampliar programas Pronasci, Territórios da Paz e Bolsa-Formação

–         Comprar dez Vants (Veículo Aéreo Não Tripulado) para monitorar fronteiras

–         Implantar 2.883 postos de policia comunitária

Economia

–         Manter o tripé da política econômica, como metas de inflação, câmbio flutuante e superávits

–         Empreender ações da redução de juros

–         Promover desoneração tributária, como reduzir impostos sobre investimentos, folha de pagamento das empresas, remédios, energia elétrica, saneamento e empresas de transporte urbano

Cultura

–         Instituir o Vale-Cultura

–         Ampliar linhas de financiamento do BNDES para a cultura

–         Incentivar a descentralização da produção cultural no pais

–         Fortalecer o Sistema Nacional de Cultura

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook