Atualizado em: 29 outubro 2010

Polícia Federal descobre Fraudes em concursos

Duas novas fraudes em concursos da Polícia Federal para cargos como agente e escrivão de 2001 e delegado e agente em 2004 foram identificadas pelo próprio órgão.

publicidade:

No de 2001, quatro candidatos foram beneficiados. A PF identificou a fraude, a cargo de uma quadrilha do Distrito Federal, mas não conseguiu provar quanto os candidatos pagaram pelo gabarito.

Foi tudo descoberto devido a um desdobramento das Investigações da Operação Tormenta, que teve início em Junho, no qual, foi presa uma quadrilha que há 16 anos era especialista em fraudar concursos. Eles vendiam os gabaritos por até R$ 270 mil.

O sistema que foi criado para que essa investigação fosse feita, também foi usado para descobrir por volta de 75 irregularidades. Uma delas foi a fraude descoberta do exame da OAB, da Receita Federal da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e da Anac (Agência Brasileira de Aviação Civil).

De todas irregularidades, já foram interrogadas 248 pessoas. em relação a Anac e a Abin as investigações estão em andamento, no qual 10 pessoas estão presas. Está previsto que o inquérito seja encerrado no fim do ano.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook