Atualizado em: 18 julho 2013

Entenda o Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro

Entenda o pedido de veto do Deputado Feliciano ao atendimento de vítimas de estupro!
Você Sabia?
Marco Antonio Feliciano em março de 2013 foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Marco Feliciano é empresário, autor de 18 livros e produziu DVDs com mensagens de autoajuda que venderam cerca de 600 mil cópias.
Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro ( Foto: Divulgação)

Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro ( Foto: Divulgação)

O deputado e pastor Marco Feliciano mais uma vez está na mídia e desta vez por causa de seu pedido de veto a um projeto aprovado pelo Congresso que determina o atendimento imediato em todos os hospitais do SUS para vítimas de violência sexual. O deputado está sendo radicalmente contra alegando que o aborto não é um direito e sim um crime previsto pela Constituição e sob uma visão religiosa acha que isso poderia incentivar  muitas mulheres a terem uma conduta errada.

O texto que foi aprovado pelo Congresso determina que as unidades de saúde devem fornecer a pílula do dia seguinte e informações sobre direito legal já que no nosso país o aborto é permitido em caso de estupro, anencefalia e risco de vida para a mãe.

publicidade:

Abaixo vocês poderão entender a visão do Deputado Marco Feliciano.

Entenda o Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro

  • O deputado pede o veto dos incisos IV e VII do artigo 3º do projeto que diz “ O atendimento imediato, obrigatório em todos os hospitais integrantes da rede do SUS, compreende os seguintes serviços: (…) IV – profilaxia da gravidez; (…) VII fornecimento de informações às vítimas sobre os direitos legais e sobre todos os serviços sanitários disponíveis”.
  • Ele ainda alega que o termo profilaxia usado no projeto não pode ser indicado para gravidez já que não é uma doença, além dele defender “que não podemos correr o risco de que mulheres vítimas de violência sexual sejam induzidas a essa prática, mesmo tendo convicções contrárias, e tome remédios abortivos. Além de cometer um crime, elas estarão atentando contra a própria vida”, disse Feliciano.

Agora precisaremos aguardar para saber o que este veto irá resultar e se será acatado ou não e qualquer que seja o resultado traremos em primeira mão para vocês!

Fonte: Bol

Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro ( Foto: Divulgação)

Pedido de Veto de Feliciano ao Atendimento de vítimas de Estupro ( Foto: Divulgação)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook