Atualizado em: 25 outubro 2011

Pais e mães devem voltar à escola para aprender a educar filhos

Um laboratório foi criado na Grã-Bretanha para educar pais e mães, visando fazer com que eles entendam a função ao dar à luz a uma criança. O laboratório reúne cerca de 50 mil pais e mães que se declaram incompetentes para educar os filhos.
Educação para pais e mães

Um laboratório foi criado na Grã-Bretanha para educar pais e mães que se julgam incompetentes para educar os filhos, visando fazer com que eles entendam a função ao dar à luz a uma criança. (Foto: Shutterstock)

Não basta ter um filho e esperar que a educação dele caia do céu. Muitas pessoas acabam tendo um filho em momentos inapropriados, por não possuírem condições ou por serem jovens demais. Os motivos para não conseguir dar a educação necessária para os filhos são inúmeras, mas nem todos reconhecem isso.

Muitos pais acabam educando os filhos de maneira errada. Não que exista uma manual de educação e que deva ser seguido, mas o bom senso deve existir e os pais deveriam reconhecer isso e procurar ajuda, caso assumam que não possuam capacidade suficiente para isso.

publicidade:

Educação para pais e mães

Uma medida diferente, mas útil, está sendo adotada na Grã-Bretanha. Está sendo criado um laboratório com cerca de 50 mil pais e mães que se declaram incompetentes para educar os filhos. Todos os pais e mães do laboratório possuem filhos menores de cinco anos e ganharão do governo um voucher de 100 libras (R$275) para financiar aulas. O laboratório será realizado para que todos os pais e mães entendam sua função no mundo ao dar à luz uma criança.

[share]A preocupação com relação a educação dos filhos veio do primeiro-ministro inglês, David Cameron, que está muito preocupado com a “decadência moral” e a falta de valores que tomam conta de jovens e crianças hoje em dia. Essa preocupação se acentuou quando ocorreram os distúrbios de rua e destruições de patrimônio público em Londres.

Na educação para pais e mães, eles irão aprender a se comunicar melhor com os filhos e aprender como administrar os conflitos que possam ocorrer dentro de casa, sem usar de violência, apenas da autoridade.

Violência aumenta, culpa da educação?

Educação para pais e mães (2)

Muitos pais e mães não conseguem dar a educação apropriada para o filho, o que pode resultar em uma maior violência futuramente. (Foto: Shutterstock)

Tudo isso tem sido feito na Europa, mas e no Brasil? É preciso de um laboratório para educar pais e mães?

Confira outras notícias internacionais

A violência aumenta, a cada dia mais casos de jovens embriagados que atropelam pessoas inocentes em diversos estados do país. Mas, de quem é a culpa? Muitas vezes, boa parte da culpa vem de uma educação mal ministrada ou de uma falta de educação. Mas nem sempre mandamos na personalidade e na formação do caráter de uma pessoa.

Talvez funcionasse no Brasil, talvez não. O fato é que realmente existe muita gente por aí que ainda não está apto para se tornar um pai ou uma mãe. É preciso se educar primeiro para garantir uma boa educação de uma criança.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook