Atualizado em: 4 fevereiro 2014

Naufrago Mexicano perdido desde 2012 é Encontrado a 8 Mil Km

Náufrago Mexicano confira esta historia abaixo e saiba tudo o que aconteceu e como foi encontrado pelas autoridades.
Você Sabia?
Que o MS Freedom of the Seas, é o segundo maior navio do mundo, lembrando que ele surgiu na Europa em 1812.
3fev2014---naufrago-mexicano-que-se-identificou-como-jose-ivan-e-amparado-ai-deixar-o-navio-lomor-da-guarda-costeira-das-ilhas-marshall-no-pacifico-sul-em-majuro-nesta-segunda-feira-3-apos-22h-1391416189185_300x210

O náufrago mexicano passou 13 meses à deriva no Oceano Pacífico

Todos os dias notícias um tanto diferentes, e ousadas por que não dizer assim mexem com a nossa cabeça ou mesmo nosso imaginário. No último domingo foi divulgada uma situação um tanto diferente e inusitada.

Um náufrago mexicano afirmou que passou por muitos meses á deriva no Oceano Pacífico até que acabou chegando em um pequeno atol nas Ilhas Marshall levando em conta uma longa viagem de retorno para seu país, o México.

publicidade:

Sobre o Caso

Ele que se identificou como José Iván, foi levado em uma lancha que estava localizada da marinha local até a localidade do atol de Ebon, que fica ao sul do arquipélago para a capital chamada Majuro onde deverá chegar ainda hoje.

Ele deverá realizar uma série de exames médicos antes de iniciar todos os trâmites existentes para a sua repatriação, disse querer retornar ao México que é onde vivia antes do acidente, depois de ter passado por mais de um ano á deriva em uma pequena embarcação, ela que tem quase sete metros de comprimento e os motores perderam suas hélices.

Informações

O navegador José Iván explicou para os que o localizaram que saiu do México no dia 24 de dezembro de 2012 para que pudesse pescar tubarões, e o tempo que passou perdido em alto mar seria um pouco mais de 13 meses e não 16 como ele teria contado em um primeiro momento.

De acordo com quem o localizou o navegador está bastante confuso e não ase o que teria acontecido nos meses que ficou no oceano, que ele está ainda um pouco desesperado para voltar ao México mas que não sabe como irá voltar.
Esperamos que o navegador volte logo para seu país e sua família.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook