Atualizado em: 6 setembro 2011

Na China, mulheres vão à feira de noivas para arrumar marido rico

Na China, os pais acompanham os seus filhos na feira de domingo para que eles encontrem a pessoa amada, e detalhe! quanto mais rico for o homem, melhor o casamento.

Com certeza, toda mulher, tem o sonho de se casar com o homem da sua vida, na verdade, elas sempre estão à procura do homem da sua, claro que, de uma maneira muito mais discreta do que se possa imaginar. Na China, um país destacado do Brasil, nem sempre as oportunidades de se casar, chega com rapidez na porta das mulheres, porém, as coisas estão evoluindo de uma maneira muito ampla no país.

publicidade:

Vale à pena ver: 24 Fotos IMPRESSIONANTES de Dubai

Existe na China, uma maneira diferenciada para se arrumar um marido, de acordo com informações, existe lá, uma feira de solteiros, noa qual as pessoas fazem de tudo para arrumar o seu par. A feira, acontece no parque Zhong Shan, em Pequim, onde há muitos cartazes em que são ofertadas as filhas e filhos solteiros, os pais se reúne a cada domingo, na parte da tarde, e com isso, levam os seus filho(as), para conseguirem arrumar o bom e completo homem, sendo rico, melhor ainda!

O Requisitos e os Pretendentes

Não pensam vocês que, além de querer começar uma relação, os chineses se sujeitam a qualquer pessoa, existem algumas limitações e requisitos a serem preenchidos, algo como por exemplo, a altura mínima do homem, deve ser em 1,80 m, devendo ter uma renda de no mínimo 4.000 yuans (cerca de R$ 1 mil), ter um apartamento e emprego sólido. Nos cartazes distribuídos na feira, há sempre as fotos dos pretendentes.

Existe outro detalhe, como a ‘Educação nobre’ na feira, sendo considerada não como o único caminho, porém, é algo muito seguido pelos chineses. A feira no parque Zhong Shan não é o único caminho seguido pelos jovens chineses a procura de casamento. Em Pequim, foi aberto em 2010 o Centro de Educação Moral para dar mulheres ‘educação nobre’.

A escola abriga mais de duas mil alunas, que pagam 20 mil yuans (R$ 5 mil) para se tornar mulheres ‘de classe’ e melhorarem suas chances de conseguir um marido rico. Em relação ao ano de 2009, as mulheres até que tiveram uma mudança em algumas atitudes, porém, para arrumar o maridão, é necessário que elas estejam sempre indo à feirinha de domingo.

Em relação a dois anos atrás, apenas 67% das mulheres chinesas estavam formalmente empregadas, enquanto que entre os homens essa proporção era de 80%, conforme a Organização das Nações Unidas (ONU) do país, portanto, hoje, elas tomam esta iniciativa para se casar com homens ricos, para que não tenham uma vida miserável. Saiba os detalhes desta modalidade aqui!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook