Atualizado em: 6 julho 2011

Microsoft quer entrar na China

Depois da saída do Google do mercado Chinês, a Microsoft consegue um acordo como o motor de busca Baidu. Buscas em inglês serão redirecionadas para o Bing.

Microsoft quer entrar na ChinaA multinacional Microsoft e o motor de busca chinês Baidu, líder de mercado na China, fecharam um acordo para oferecer aos internautas chineses, um serviço de busca em inglês.

O acordo alcançado propõe que o Bing seja ativado automaticamente, cada vez que um usuário digite um termo de pesquisa em inglês no Baidu.

publicidade:

O Baidu informou em um comunicado, que a nova funcionalidade estará disponível ainda este ano, buscando satisfazer as necessidades de profissionais e estudantes nas principais cidades da China, que, diariamente, realizam cerca de 10 milhões de buscas em inglês através do buscador asiático.

Com este acordo, Microsoft Bing, o serviço de pesquisa da empresa fundada por Bill Gates, busca uma brecha para entrar em um mercado difícil para as multinacionais do setor de busca, enquanto que o Baidu, especializado em chinês mandarim, dá um grande salto com a internacionalização.

O Baidu é responsável por 83,6% das buscas para a China, e se beneficiou no ano passado com a saída da Google do mercado chinês, que acusou o país asiático de invadir as contas de correio Gmail. Antes deste incidente, o Baidu tinha uma quota de mercado de 60%.

O Google ainda é usado na China através de outras versões, como a internacional ou a de Hong Kong, mas a sua quota de uso entre os usuários chineses de internet caiu de 35% em 2009 para 19% em 2010 .

Enquanto isso, Bing, o motor de busca da Microsoft, ainda é relativamente desconhecido na China, e os usuários chineses deste buscador correspondem a apenas 8,6% dos totais da empresa norte-americana.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook