Atualizado em: 14 março 2013

Justiça suspende patrocínio da Caixa com o Corinthians

Ainda segundo a Caixa, o contrato com o clube paulista é legal e vaio recorrer da decisão. Fique por dentro do anuncio realizado que suspende este patrocínio.
Você Sabia?
Segundo informações, a multa prevista em caso de descumprimento da decisão é de R$ 150 mil por dia.
Corinthians - Caixa 02

No Rio Grande do Sul, Justiça suspende patrocínio da Caixa com o Corinthians com previa de multa. (Reprodução)

A Justiça suspendeu o patrocínio do Timão com a Caixa. O pagamento do patrocínio da Caixa Econômica Federal para o Corinthians está suspenso, de acordo com uma liminar concedida pela 6ª Vara do Tribunal Federal do Rio Grande do Sul.

Esse pedido foi feito por uma ação popular ajuizada pelo advogado gaúcho Antônio Beiriz e sua justificativa para abrir o processo foi que um banco público deve gastar dinheiro em publicidade apenas com caráter educativo e informativo, o que impede investir em um patrocínio de times de futebol.

publicidade:

Suspensão

O juiz aceitou o argumento que por é um dos maiores orçamentos do futebol brasileiro. O Corinthians não deve ser beneficiado pelo apoio, ele citou outros clubes patrocinados pelo banco, como Avaí e Figueirense e diz que o apoio se justifica nesses casos, para manter o equilíbrio local e apoiar os dois times do mesmo Estado.

Mais Informações O que é mais curioso é que o advogado é torcedor do Grêmio, que tem como o rival Internacional, que tem o patrocínio do Banrisul, o banco estadual gaúcho. Ele disse o seguinte: “Estampar o nome da Caixa na camisa de um time, não representa nada para o banco. A Caixa não passa a ser conhecida por isso, ela já é conhecida.”, disse Antônio Beiriz.

Caixa se Manisfesta

A Caixa se manifestou com um comunicado afirmando que quando notificada, irá recorrer do caso. “A Caixa Econômica Federal reitera a legalidade do contrato de patrocínio ao Corinthians e informa que não foi intimada da decisão. Assim que tomar o conhecimento da liminar, analisará seus termos e providenciará o recurso.” Afirmou o banco, em nota.

O acordo foi assinado no fim do ano passado, pouco antes da participação do Timão no Mundial de Clubes, o patrocínio rende R$ 30 milhões por ano. A Caixa patrocinou outros times no ano passado, como Figueirense, Avaí e Atlético-Pr. Beiriz diz que pretende também questionar essas parcerias, segundo ele, mesmo que a liminar seja cassada, os órgãos estatais vão reavaliar o financiamento das equipes citadas.

Corinthians - Caixa 01

Camisa do Timão com o patrocínio da Caixa Econômica Federal. (Reprodução)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook